Edição: quinta-feira, 12/10/2017
Compartilhe:

  Economia

Comércio comemora aumento das vendas no Dia da Criança

Philippe Fernandes

Hoje, dia 12 de outubro, é comemorado o Dia da Criança. A data que reverencia os pequenos é uma boa oportunidade para o comércio ter um faturamento extra. Apesar de a crise econômica ter prejudicado as vendas, neste ano as lojas do setor sentiram um movimento levemente superior ao do ano passado. Em relação às semanas anteriores, o movimento chegou a ter um aumento de até 40% em algumas lojas.
De acordo com os comerciantes, a grande maioria do público consumidor não deixou para a última hora: comprou os presentes ao longo da semana. A partir de sábado passado, o fluxo já começou a aumentar. O proprietário de uma loja de brinquedos, Vinícius Fortes, disse que, no seu comércio, a maior parte dos clientes realizou as compras na terça-feira e ontem.


- O nosso movimento foi um pouco melhor do que no ano passado. A crise ainda assusta muitas pessoas. No Dia das Crianças, o consumidor está preferindo produtos mais em conta. Além da crise, as pessoas acabam tendo que comprar presentes também para o Natal, então elas seguram um pouco o orçamento agora – disse.


O sócio de uma loja de roupas infantis localizada na Rua 16 de Março, Roberto Cury, disse que a maioria dos consumidores está gastando menos, preferindo o tradicional “bom, bonito e barato”. Ele informou que, no sábado, as vendas começaram a aumentar. O período incrementou o faturamento em até 40%.
- Pena que, depois, tudo volta ao normal. A situação econômica aos poucos começa a melhorar, mas não é um processo tão rápido. Quanto às vendas, somos especializados em roupas e calçados, e esse é o forte aqui. O consumidor está preferindo produtos bons, bonitos e baratos. Apesar de as grifes terem seu público fiel, a grande maioria do público opta por produtos mais em conta – informou.


No entanto, em algumas lojas o movimento registrado até agora foi inferior ao do ano passado.
- Nossas vendas não estão ruins, se estabilizaram. Mas no ano passado foi um pouco melhor – disse Luiz Cláudio Lopes, gerente de uma loja de roupas infantis.


Algumas lojas do setor nem estarão abertas hoje, apesar de o comércio varejista estar autorizado a abrir as portas. Isso ocorre porque, de acordo com vendedores e lojistas, a grande maioria do público já realizou as suas compras, e, no Dia das Crianças, os pais apostam em outras opções, focadas no lazer.



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior