Edição anterior (1431):
quinta-feira, 11 de outubro de 2018
Ed. 1431:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1431): quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Ed.1431:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

II Colóquio de Defesa Civil: ação do eixo comunitário vai entregar fraldas para crianças carentes

Ação será realizada na próxima quinta-feira no Lar de Crianças Nossa Senhora das Graças

 

Como parte do eixo comunitário do II Colóquio de Defesa Civil, o órgão vai entregar fraldas para o Lar de Crianças Nossa Senhora das Graças, em Corrêas, na próxima quinta-feira (11.10). A ação tem como objetivo contribuir com a instituição que atende 24 crianças carentes encaminhadas pelo Conselho Tutelar e Vara da Infância e Juventude. O material para doação está sendo recolhido na entrada do congresso, que está sendo realizado ao longo desta semana no auditório da Universidade Estácio de Sá, no Bingen. A entrega das fraldas recolhidas será a sétima ação voluntária realizada pela Defesa Civil municipal neste ano.

“Uma das vertentes mais importantes da Defesa Civil é a ajuda humanitária, mas que não acontece apenas no momento em que ocorre uma tragédia. A ação também é uma forma de homenagem ao Dia das Crianças, comemorado na próxima sexta-feira”, explica o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, contando que a pasta ainda vai recolher latas de leite em pó para a doação no Natal.

“Aqui em Petrópolis fazemos esse trabalho humanitário no período de normalidade. A ideia é contribuir com a população mais carente da cidade. Até o final do ano completaremos oito campanhas voluntárias, superando o número que realizamos no ano passado”, disse Paulo Renato.

No ano passado, a Defesa Civil municipal já havia ajudado a instituição com a entrega de 69 embalagens de leite em pó, entre latas e pacotes de 400 e 800g. A presidente da instituição, Adriana Hanh, explica que as doações diminuíram em virtude das dificuldades financeiras que o país enfrenta e que o trabalho da Defesa Civil foi importante naquele momento.

“A entrega foi realizada no Natal, mas acabou contribuindo com o nosso ano inteiro. A gente atende um número regular de crianças, então todo tipo de contribuição é importante para a gente. Espero que a parceria com a Defesa Civil seja duradoura, já que os frutos são maravilhosos”, disse Adriana.

O eixo comunitário do II Colóquio de Defesa Civil traz ainda seis trabalhos realizados dentro da política pública municipal de Defesa Civil nas Escolas. A apresentação acontece também na quinta, na Estácio, dia do encerramento do congresso. Os temas são: deslizamento de solo ou rocha, inundações, rolamento de blocos rochosos, vendavais e tempestades de raios.

“A política pública é um projeto a longo prazo, que vai garantir um futuro mais resiliente para Petrópolis. É importante que as crianças apresentem, conheçam mais sobre os riscos da cidade. Acredito que a participação deles em um congresso também é uma forma de motivação, mostrando a importância dessa ideia para a cidade", completa o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias.



Edição anterior (1431):
quinta-feira, 11 de outubro de 2018
Ed. 1431:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1431): quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Ed.1431:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior