Edição: sábado, 13/01/2018
Compartilhe:

  Ambiente

Meio Ambiente notifica dono de terreno por movimentação de terra em área de preservação

 Obra acontecia próximo ao leito de um rio na Estrada do Ribeirão, em Corrêas

O setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente notificou o dono de um terreno na Estrada do Ribeirão, em Corrêas, pela movimentação irregular de terra em uma área de preservação permanente (APP) próximo ao curso hídrico. No momento da ação, o responsável não apresentou o documento que permite a obra e ganhou um prazo de 10 dias para entregar a licença no órgão municipal. Caso contrário, ele será multado.

“Estamos na estação de fortes chuvas e toda movimentação de terra deverá ser precedida de autorização da Prefeitura para garantir que seja realizada de forma adequada e sob supervisão de um responsável técnico para que não haja nenhum risco para o entorno”, explica Miguel Fausto, chefe do setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente.

Nesta semana, os agentes também notificaram o dono de uma oficina de pintura, na Rua Santa Clara, no Gentio, que funcionava sem a licença ambiental. Ele ganhou um prazo de 30 dias para dar entrada na documentação. Os fiscais também voltaram até o ferro-velho no Moinho Preto, às margens da BR-040, que mantinha veículos abandonados ao longo da pista. Foram rebocados dois veículos, um trator e restos de um motor.

“Em fevereiro do ano passado, a prefeitura já havia retirado dois veículos, cumprindo uma decisão judicial. Depois dessa operação, o dono do ferro-velho havia retirado 15 veículos abandonados. Mas infelizmente percebemos que os veículos voltaram a ser abandonados e retornamos a notificar mais uma vez o proprietário", disse Miguel.

      Em 2017, a Secretaria de Meio Ambiente atendeu 1.030 casos de crimes ambientais no município, entre casos de supressão de vegetação, poluição de curso hídrico, contaminação de solo, empresas funcionando sem licença ambiental e queimadas. São realizadas operações semanais com o objetivo de reduzir os casos. 

“Nossa prioridade é diminuir os casos de crimes ambientais em todo o município. O trabalho da fiscalização é proteger as áreas verdes de Petrópolis. Por conta disso, disponibilizamos um número de celular que funciona 24 horas, todos os dias da semana, para recebermos as denúncias. Contamos com a população da cidade na hora de denunciar”, explica Fred Procópio, secretário de Meio Ambiente. 


As denúncias de crimes ambientais podem ser feitas para a Secretaria de Meio Ambiente  através dos telefones: (24) 2233-8180 e (24) 98828-8633.



Compartilhe:


Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior