Edição: quarta-feira, 16/05/2018
Compartilhe:

  Geral

Oi não cumpre contrato 

Assinantes da operadora  reclamam da velocidade da internet e sinal de TV

Daniela Curioni – especial para o Diário

 

 Morador do centro reclama que está há dois dias sem sinal de TV

Moradores de Petrópolis relataram problemas com a falta de sinal da operadora OI.  Na tarde de segunda-feira, a operadora deixou alguns moradores da cidade sem sinal por cerca de oito horas. Na tarde de ontem, clientes voltaram a ficar sem sinal por mais de quatro horas.

Problemas com sinal da internet, como queda, instabilidade e má qualidade do sinal representaram 18,5% do total de reclamações sobre internet na plataforma consumidor.gov.br, no ano passado. Muitos clientes não sabem que a operadora não pode cobrar pelos períodos acima de 30 minutos em que o serviço não foi prestado e deve deduzir da assinatura o valor correspondente ao tempo perdido.

Principal motivo de reclamações entre os petropolitanos, a telefonia mais uma vez liderou o ranking de queixas no Procon Petrópolis em 2017. Entre as 10 empresas mais reclamadas, o número de queixas quanto às empresas de telefonia chega a 1000.

A operadora de telecomunicações Oi segue liderando a lista das mais reclamadas com 758 queixas, seguida da Claro, com 242 reclamações.

Problemas também são registrados na loja física da operadora

Ontem (15), o Procon Petrópolis notificou a empresa OI por deixar clientes esperando mais de uma hora na fila da loja física da operadora na cidade.

De acordo com o Procon, clientes chegam a ficar mais de uma hora esperando por atendimento. O órgão de defesa do consumidor encaminhou o documento solicitando esclarecimento e que mantenha equipes suficientes para o atendimento dos clientes no estabelecimento sob pena de sanções administrativas, conforme previsão do artigo 56 do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

A notificação toma como base a Lei 7.620/17 que estipula que lojas de operadoras de telefonia devam atender os consumidores dentro do prazo máximo de 15 minutos nos dias normais e de 30 minutos em véspera de feriados, datas comemorativas e aos fins de semana. De acordo com a Lei, as lojas devem fornecer senhas contendo informações como data, ordem, horário de chegada e o tempo do atendimento. Além disso, os embevecimentos devem divulgar em cartazes visíveis ao público no interior da loja.

A Operadora Oi informou que uma equipe seria enviada para verificar o problema de queda no  sinal da internet.

 



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior