Edição anterior (1311):
quarta-feira, 13 de junho de 2018
Ed. 1311:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1311): quarta-feira, 13 de junho de 2018

Ed.1311:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Problemas antigos continuam atormentando moradores de vários bairros

Vitor Garcia – Especial para o Diário

O tempo passa, mas os problemas antigos permanecem em diferentes comunidades da cidade. Moradores dos bairros Floresta, Estrada da Saudade, Duarte da Silveira e Meio da Serra continuam solicitando por serviços públicos, que em alguns casos, não são vistos há meses em tais regiões. A iluminação pública se destaca entre as principais reclamações da população.

Sem luz há três meses, quem passa pela Rua Coronel Duarte da Silveira, no Bingen, tem se tornado vítima da criminalidade.

- São quatro postes em uma mesma rua. A escuridão está trazendo diversos transtornos, entre os principais os assaltos e acidentes. As pessoas ficam com medo de passar por aqui. Não admitimos esse descaso, pois pagamos a taxa de iluminação todos os meses – contou Evanir de Freitas, morador há 59 anos na localidade.

No Floresta, moradores da Rua Henrique Paixão também sofrem com a falta de iluminação em algumas ruas. Entretanto, o maior problema é em uma servidão localizada no ponto final do ônibus, há pelo menos seis meses. Ainda no bairro, motoristas que passam pela Estrada da Floresta estão solicitando pavimentação na via.

- Está afundando tudo em frente à Servidão José de Azevedo Coutinho Filho. Os paralelepípedos estão soltos. Durante a semana, uma idosa caiu após tropeçar no calçamento da rua, e acabou se machucando. O pior disso tudo é quando chove, pois os carros e ônibus começam a derrapar na ladeira. Para piorar, temos o sofrimento da falta de luz em diversos pontos – reclamou Michele de Souza, auxiliar de produção.

Já na comunidade do Monte Florido, na Estrada da Saudade, o serviço de capina não está sendo realizado.

- Há mais de um ano não vemos a Comdep vir prestar atendimento à localidade. O espaço está ficando propício para práticas ilícitas. Além disso, o mato alto está impedindo a visão dos motoristas na Rua Arno Félix dos Santos. Queremos com urgência a capina no bairro, para tirar essa imagem de abandono – disse Maria Ângela, dona de casa.

Os problemas continuam, dessa vez no bairro Meio da Serra. Sem receber a coleta de lixo há um mês, moradores da Estrada Velha da Estrela, próximo à comunidade conhecida como “Morrinho” estão indignados e pedindo a atenção do município.

- Chegaram a vir por aqui no mês passado, mas não recolheram os lixos. O caminhão que vem de Magé tem feito o procedimento, mas aqui é área de Petrópolis. Outro problema são as caçambas que estão corroídas e até agora não foram realizadas as trocas – contou Cristiane da Silva.

Prefeitura se manifesta

Em nota, a prefeitura informou que a Comdep iniciou trabalho de limpeza no Monte Florido e fez coleta na segunda-feira (11) e já incluiu a comunidade na programação das equipes operacionais para receber também os serviços de capina e roçada.

No Floresta, o município disse que a Secretaria de Obras vai incluir a Rua Henrique Paixão na programação para receber manutenção de calçamento. Já o Departamento de Iluminação Pública vai solicitar que a empresa Vitorialuz cumpra ordens de serviços em aberto no bairro e atenda também a Rua Henrique Paixão.

Sobre a questão da Rua Duarte da Silveira, funcionários da Vitorialuz constataram furtos de cabos de alta tensão, o que inviabiliza a manutenção da iluminação pública. A situação foi informada à Enel pelo Departamento de Iluminação Pública e os reparos serão agendados após a solução providenciada pela concessionária.

Quanto a coleta de lixo no Meio da Serra, nem Comdep nem Força Ambiental receberam reclamações sobre problemas no serviço. A Comdep, no entanto, vai apurar a situação relatada.



Edição anterior (1311):
quarta-feira, 13 de junho de 2018
Ed. 1311:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1311): quarta-feira, 13 de junho de 2018

Ed.1311:

Compartilhe:

Voltar:

Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior