Edição anterior (1311):
quarta-feira, 13 de junho de 2018
Ed. 1311:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1311): quarta-feira, 13 de junho de 2018

Ed.1311:

Compartilhe:

Voltar:


  Servidores

Sindicato dos Servidores quer reajuste de 6,76% e revogação da lei que suspendeu aumento de janeiro de 2017

O Sindicato dos Servidores Públicos e dos Trabalhadores nas Entidades Paraestatais do Município de Petrópolis (SISEP Petrópolis) encaminhou ofício ao prefeito Bernardo Rossi com a pauta de negociação da data base 2018. O Sindicato pede um reajuste para os servidores municipais de 6,76% e a revogação da Lei Municipal 7.496/2017 que suspendeu o reajuste de 6,2%, que deveria ter sido dado em janeiro de 2017.

O Sisep reivindica ainda que seja efetivado o reajuste sobre a tabela de vencimentos, pensões e demais remunerações dos servidores e funcionários públicos, ativos e inativos, da administração direta e indireta do Município de Petrópolis. O Sindicato pede ainda a criação e implementação de um abono salarial no valor de R$ 200,00 e a modificação das cargas horárias para todos os setores da administração municipal.

O presidente do Sisep, Osvaldo Magalhães disse que a entidade compreende todas as dificuldades dos últimos dois anos, devido a crise econômica e a queda na arrecadação municipal, porém, afirma que o servidor não pode ser mais penalizado, por isso o Sindicato reivindica o reajuste e outros direitos. De acordo com dados da diretoria do Sindicato, o percentual de reajuste levou em consideração a correção pelo IPCA 2018 de 2,76% somado a 4% de ganho real referente a proposta de reajuste salarial. “Não podemos passar mais um ano sem reajuste e por isso, buscamos valores que sejam compatíveis com a realidade econômica atual e que seja possível atender as necessidades dos servidores”, afirmou Osvaldo.

Para o Sisep a modificação das cargas horárias para 30 horas semanais para todos os servidores de serviço burocrático e demais atribuições é uma medida importante e que vem sendo adotada em vários municípios. O Sindicato afirma que a redução não causa nenhum dano ao Poder Público e nem prejudica a qualidade do atendimento a população. Para Osvaldo Magalhães a redução da carga horária faz com que o servidor trabalhe melhor, proporcionando a ele qualidade de vida no trabalho e garantindo que possa atender melhor em qualidade e eficiência a população.

Na negociação com o Poder Executivo, a diretoria do Sisep quer a manutenção de cláusulas que resguardam direitos básicos dos servidores, ainda mais com relação aos celetistas da COMDEP, tais como licença maternidade de seis meses, cesta básica, regulamentação e pagamento de horas extras e a criação do Plano de Cargos, Carreira e Salários para os funcionários da Comdep. Osvaldo Magalhães disse que é uma reivindicação antiga e que, apesar das promessas dos últimos governos, ainda não foi implementada “e queremos que o PCCS da Comdep seja implementado antes do final deste governo”.

Prefeitura mantém ajuste fiscal

Procurada pelo Diário para se manifestar sobre a pauta de reivindicações do Sisep, a Prefeitura disse que "o atual governo segue com a política de austeridade e controle rigoroso de gastos, por conta da crise econômica nacional - agravada em Petrópolis pelo montante de dívidas acumuladas por antigos gestores, que alcança R$ 766 milhões". De acordo com o governo municipal, todos os esforços dos gestores estão concentrados em garantir em dia o pagamento do funcionalismo público. Segundo a administração, desses R$ 776 milhões, R$ 258 milhões já foram parcelados, gerando parcelas mensais de R$ 8 milhões. Dívidas com precatórios somam ainda R$ 145 milhões e até dezembro já foram arrestados das contas da prefeitura R$ 22,6 milhões para a quitação de precatórios. A Prefeitura ressaltou, ainda, que mantém aberto o canal de comunicação com o Sindicato dos Servidores Públicos e prioriza o pagamento em dia dos salários a todos os servidores ativos, aposentados, pensionista e demais servidores. 

 



Edição anterior (1311):
quarta-feira, 13 de junho de 2018
Ed. 1311:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1311): quarta-feira, 13 de junho de 2018

Ed.1311:

Compartilhe:

Voltar:

Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior