Edição: sábado, 12/05/2018
Compartilhe:

  Economia

1.684 novos negócios em 17 meses, aponta a Jucerja

920 novos registros em cinco meses de 2018

Espaço Empreendedor registra 985 atendimentos em abril

 

Em 17 meses, de acordo com levantamento da Jucerja, a cidade somou 1.684 novos negócios entre empresas e empreendedores individuais e já emitiu 418 alvarás on line através do sistema Regin. A retomada do desenvolvimento econômico da cidade pode ser medida também pelo número de atendimentos no Espaço do Empreendedor, mantido pela prefeitura: 985 atendimentos em abril. O local é referência no atendimento aos empresários que precisam de informações e serviços de diversas secretarias. Em comparação a dezembro de 2017, o número de atendimentos cresceu 133%.

Negócios de todas as áreas e de todos os tamanhos, desde o empreendedor individual até empresas de médio porte fazem parte destes números, com ênfase para prestadores de serviços. “2018 ainda é um ano difícil para a economia e para o setor público, mas o turismo tem impulsionado a cidade e fomentando a abertura de serviços e empresas”, estima o prefeito Bernardo Rossi.

O maior número de empresas abertas é verificado nos primeiros cinco meses deste ano: foram 920 MEIs e empresas.  Já supera os 12 meses de 2017 quando foram registrados 764 novos negócios.  A quantidade de microempreendedores individuais também é alta: 552 no período, o que demonstra a saída da informalidade e o potencial de prestação de serviços.

O fluxo de atendimento no Espaço Empreendedor tem aumentando consideravelmente, segundo dos dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Os números computados entre dezembro de 2017 a abril de 2018 mostram que o atendimento no EE cresceu 133%. Em média, são mais de 700 atendimentos por mês. Em dezembro de 2017 foram 423 atendimentos, em janeiro de 2018 – 606; em fevereiro – 533, em março 741 e em abril – 985.

Quem procura o EE, localizado no Centro Administrativo Frei Antonio Moser, consegue atendimentos diversos como: Alvará, Autenticação de livro, Consultoria Jurídica, Jucerja - Junta Comercial do Rio de Janeiro, Micro Empreendedor Individual, Nota Fiscal Eletrônica, Registro de empresas, Viabilidade, Mais Valia (Secretaria de Obras), Departamento de Trabalho e Renda, Incentivos fiscais (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), Posturas e IPTU (Secretaria de Fazenda), atendimento ao produtor rural, Protocolo Geral, Secretaria de Assistência Social e Secretaria de Meio Ambiente.

“O Espaço Empreendedor foi preparado para atender os empresários e estimular a implantação de novos estabelecimentos na cidade, promovendo o desenvolvimento econômico. No EE os empresários conseguem fazer o estudo de viabilidade sobre a possibilidade de implantação de um determinado estabelecimento na região escolhida. Isso auxilia os empresários a planejar a melhor forma de se estabelecer na cidade”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

O Espaço Empreendedor funciona no Centro Adminstrativo Frei Antonio Moser, que fica na Avenida Barão do Rio Branco, nº 2.846. O funcionamento é de segunda a sexta, das 10 às 17h.

“Vale destacar que no EE funciona um posto do Departamento de Trabalho e Renda – DETRA. No local, podem ser cadastradas e anunciadas as vagas de emprego disponíveis nas empresas”, disse o diretor do Departamento de Desenvolvimento Econômico, Dalmir Caetano.

As ações do governo municipal para a desburocratização dos serviços já renderam a Petrópolis um certificado entregue pelo governo do Estado por causa da simplificação de procedimentos para registro empresarial, além do 2º lugar no Programa Cidades Empreendedoras, promovidos pelo Sebrae.



Compartilhe:


Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior