Edição anterior (1308):
domingo, 10 de junho de 2018
Ed. 1308:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1308): domingo, 10 de junho de 2018

Ed.1308:

Compartilhe:

Voltar:


  Saúde

44 mil  pessoas em Petrópolis migram de planos de saúde para o SUS

 

Em três anos, 44 mil pessoas apenas em Petrópolis deixaram planos de saúde e buscaram a rede pública. Sem uma previsão deste boom de atendimentos pelo SUS, a prefeitura luta contra o tempo para ampliar serviços ao mesmo tempo em que tem despesas movidas por ações judiciais elevadas: em cinco meses 411 ações foram ingressadas na Justiça de pacientes que foram direcionados à rede particular. 

“É uma situação delicada porque o município cumpre à risca as decisões judiciais, absolutamente corretas. E estas são resultado de uma busca pela rede pública visto que o SUS não cresceu o suficiente para atender uma nova demanda oriunda de planos de saúde e pelo crescimento da população”, explica o prefeito Bernardo Rossi.

 O aumento dos atendimentos já é refletido na rede desde o início de 2017 e destacou o empenho da gestão em otimizar a assistência em toda rede principalmente no maior hospital do município, Alcides Carneiro, realizando 23 mil atendimentos a mais do que o ano de 2016 e promovendo a ampliação da oferta de consultas ambulatoriais, exames e cirurgias. As UPAs também atendem 20% a mais do que em anos anteriores.

“A crise econômica nacional impacta o dia a dia das famílias, que muitas vezes precisam cortar do orçamento a despesa com planos de saúde e buscar tratamento na rede pública. Hoje, temos mais de 70% da população atendida pelo SUS em Petrópolis, são cerca de 210 mil moradores da cidade. Temos trabalhado em todas as frentes para melhorar a infraestrutura da rede pública de saúde – este é um dos nossos maiores desafios”, afirma o prefeito, lembrando que além de buscar parcerias com o governo federal para melhorar a infraestrutura de saúde e agilizar atendimentos, o município vem realizando mutirões para exames e cirurgias, reduzindo espera e aumentando a capacidade de atendimento, por exemplo.

Frente ao aumento da demanda, o município vem trabalhando também pela ampliação do número de leitos na rede pública.  Hoje são 85 leitos de UTI das quais 60 UTIs adulto, 10 pediátricas e neonatal e 15 unidades intermediárias neonatal. O orçamento da área de Saúde em 2018 é R$ 29 milhões maior do que o destinado a área em 2017 e soma R$ 300 milhões. A verba prevista corresponde a 33% do orçamento – mais do que o dobro do que prevê a Constituição, em 15%. A Saúde contará ainda com R$ 5 milhões em emendas parlamentares feitas ao orçamento da União previstas para investimentos em novos projetos.

O município conta hoje com 37 postos de Saúde da Família, oito Unidades Básicas de Saúde, dois Centros de Saúde, duas UPAS, um Pronto Socorro e dois Hospitais, além das unidades de saúde mental e centro odontológicos.

Precatórios bloqueiam contas da prefeitura em R$ 22 milhões até dezembro

Além do bloqueio de R$ 22,6 milhões - que impactará o caixa da prefeitura este ano por conta de uma decisão do Tribunal de Justiça para pagamento de precatórios - ações judiciais movidas contra o município resultaram no bloqueio de R$ 5,2 milhões de contas da prefeitura entre janeiro e maio deste ano.

Somente entre janeiro e abril a Secretaria de Fazenda contabilizou 1.054 bloqueios - muitos dos quais referentes a processos instaurados durante gestões anteriores -  entre os quais processos antigos, como uma ação instaurada em 2001 referente a danos morais por conta de um deslizamento de terra, que resultou no bloqueio de R$ 137.317,35 em janeiro deste ano. Outro processo, instaurado em 2016 por um hospital particular da cidade, já ocasionou o bloqueio de R$ 970 mil somente entre janeiro e abril.

“Nosso desafio é reduzir uma dívida de R$ 766 milhões, ao mesmo tempo em que fazemos a cidade avançar em serviços”, pontua o prefeito Bernardo Rossi.  



Edição anterior (1308):
domingo, 10 de junho de 2018
Ed. 1308:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1308): domingo, 10 de junho de 2018

Ed.1308:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior