Edição: quinta-feira, 05/07/2018
Compartilhe:

  Economia

A cada 10 segundos nasce um MEI no Brasil, revela Serasa Experian

Número de novos microempreendedores individuais foi recorde em maio

 De acordo com o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas, 182.552 novos microempreendedores individuais foram registrados no país em maio de 2018, novo recorde apurado pelo índice. Isso representa o nascimento de um MEI a cada 10 segundos. Na comparação com abril de 2018 (177.391), foi identificado o crescimento de 2,9% na abertura de empresas desta natureza jurídica. Na relação com maio de 2017 (166.831), a alta foi de 9,4%. Ao longo dos cinco primeiros meses de 2018, os nascimentos de MEIs já somam 876.557.

No consolidado, 226.653 novas empresas surgiram no país – um aumento de 8,4% frente ao volume do mesmo mês do ano passado (209.150). Do total apurado em maio, os MEIs representam 80,5%. Confira abaixo a evolução no decorrer dos anos:

Segundo os economistas da Serasa Experian, o avanço observado no nascimento de microempreendedores individuais tem relação direta com o desempenho abaixo do esperado da recuperação da economia, tanto na redução da taxa de desemprego quanto no aumento na criação de novas vagas formais de trabalho. Nesse contexto, os MEIs se destacam como uma alternativa para a geração de renda, orientada principalmente pela criação de oportunidades e pelo desenvolvimento de novos negócios.

Nascimento de empresas de outras naturezas jurídicas em maio/2018

Em maio/2018, surgiram 17.209 novas Sociedades Limitadas – um aumento de 7,1% em relação às 16.073 nascidas em maio/2017.

Já o indicador de Empresas Individuais fechou maio/2018 com 14.340 novos negócios constituídos e queda de 5,4% frente ao total de 15.154 aberturas registradas no quinto mês de 2017.

O indicador de maio/2018 apontou ainda o nascimento de 12.552 empreendimentos de outras naturezas jurídicas, o que representou alta de 13,2% na comparação com maio/2017, quando 11.092 empresas foram criadas.

O indicador acumula, nos primeiros cinco meses de 2018, a criação de 77.302 Sociedades Limitadas, 54.970 Empresas Individuais e 56.876 empresas de outras naturezas jurídicas.

Criação de negócios por setor

Em maio de 2018, o setor de serviço liderou como o escolhido para dar início a 148.835 novos negócios, 65,7% do total registrado no Brasil.

O Comércio foi o setor responsável pelo nascimento de 59.165 empresas, o equivalente a 26,1% do volume apurado no quinto mês do ano. A Indústria contou com 17.950 empresas originadas, 7,9% do total companhias brasileiras abertas em maio/2018.

 

O Indicador Serasa Experian de Nascimentos de Empresas tem demonstrado o fortalecimento ano a ano do setor de Serviços – comparado aos 52,5% de participação registrados originalmente pelo levantamento, em maio/2010. Esse avanço segue concomitante ao retrocesso na criação de novos negócios pelo setor Comercial – que recuou de 35,6% no indicador de nascimentos de empresas referente a maio/2010 para 26,1% do apurado no quinto mês de 2018. O total de novos empreendimentos da Indústria também permanece em queda na comparação com o histórico monitorado, e que em maio/2010 indicava uma participação de 8,7% para esse setor.

 

Nascimento de empresas por regiões do Brasil

De acordo com o indicador de maio/2018, as regiões do país voltaram a repetir referenciais de participação próximos aos registrados nos quatro primeiros meses do ano. Na liderança absoluta e com 53,1% do total, o Sudeste concentrou 120.256 companhias originadas no Brasil. Permaneceram em suas posições anteriores no ranking o Sul (17,4% e 39.395 empresas nascidas), o Nordeste (16,2% e 36.677 empresas nascidas), o Centro-Oeste (8,8% e 19.905 empresas nascidas) e o Norte (4,6% e 10.420 empresas nascidas).

Já a comparação maio/2017 versus maio/2018 (gráfico acima) revelou uma variação positiva pequena na formalização de negócios na maioria das regiões. O Sudeste puxou os avanços (12,2%) no indicador, que traz na sequência o Sul (8,2%), o Nordeste (3,9%) e o Centro Oeste (2,9%). O Norte foi a exceção, com queda de 5,1%.

Participação dos estados na criação de novos empreendimentos surgidos em maio/2018

 

São Paulo segue com posição consolidada no topo do ranking estadual apurado pela Serasa Experian. O estado paulista respondeu por quase um terço (29,2%) das companhias formalizadas em maio/2018 no Brasil (66.261 novos empreendimentos) e apresentou o melhor indicador do país observado na variação anual (maio/2018 versus maio/2017) com evolução de 14,9% no nascimento de empresas. O ranking não teve alterações na segunda e na terceira posições, ocupadas respectivamente por Minas Gerais (11,1% do total e 25.180 companhias criadas) e Rio de Janeiro (10,4% do total e 23.518 companhias criadas).

Serasa disponibiliza serviços gratuitos voltados aos microempreendedores

Serasa Empreendedor, braço da Serasa Experian voltado ao microempreendedor, possui uma plataforma com diversos serviços gratuitos específicos para o segmento, como a autoconsulta do score (modelo estatístico voltado aos MEIs e MEs com a probabilidade de a empresa honrar seus compromissos financeiros nos próximos seis meses); a ferramenta de simulação e contratação de crédito 100% digital; além de dicas, orientações e vídeos personalizados. A página (www.serasaempreendedor.com.br) também traz um teste, que ajuda a descobrir qual o perfil do empreendedor dentre os mais dominantes no país: Malabarista, Realizador, Autônomo e Arrojado.

Metodologia do estudo sobre Nascimento de Empresas

Para o levantamento do Nascimento de Empresas foi considerada a quantidade mensal de novas empresas registradas nas juntas comerciais de todas as Unidades Federativas do Brasil bem como a apuração mensal dos CNPJs consultados pela primeira vez à base de dados da Serasa Experian. 

Você também lê esta notícia no site www.serasaexperian.com.br/sala-de-imprensa eTwitter @SerasaImprensa



Compartilhe:


Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior