Edição: sexta-feira, 11/05/2018
Compartilhe:

  Polícia

Agência do Banco Santander na Rua Paulo Barbosa é arrombada e bandidos levam coletes balísticos

Vitor Garcia vitorgacia@diariodepetropolis.com.br

Menos de 24 horas depois de invadirem dois estabelecimentos comerciais do Centro, bandidos voltaram a agir, ontem, na Rua Paulo Barbosa. Desta vez, o alvo foi a agência do Banco Santander. Os ladrões não levaram nenhuma quantia em dinheiro, mas roubaram três coletes balísticos, que estavam nos armários. A ocorrência foi registrada na 105ª Delegacia de Polícia, no Retiro.

O vigilante do estabelecimento, um homem de 52 anos, contou aos policiais que o disparo do alarme aconteceu por volta de meia-noite e meia. Minutos depois, a empresa responsável pela vigilância desligou o aparelho para que uma vistoria pudesse ser realizada no local. Na unidade, uma cortina de fumaça chegou a ser ativada. O sistema é utilizado pelos bancos para criar uma neblina artificial branca, que é capaz de encobrir todo o ambiente, obstruindo a visão de criminosos.

Entretanto, por volta das 3h30, quando a fumaça de segurança começou a desaparecer, o segurança foi surpreendido ao avistar três bandidos com toucas ninjas ainda agindo na agência. Imediatamente, ele se dirigiu à Unidade Móvel da Polícia, localizada na Praça Dom Pedro, onde acionou os militares.

Os criminosos conseguiram fugir do local antes da chegada da PM. As dependências da unidade foram inspecionadas e os agentes constataram que os sensores foram arrancados das paredes, e que uma janela estava com a grade serrada, assim como os vidros quebrados. A perícia compareceu à unidade e realizou os procedimentos necessários que possam identificar os bandidos.

Polícia investiga o caso

Com um trabalho de investigação em andamento, a Polícia Militar prepara medidas para diminuir a possibilidade dos crimes e aumentar a segurança da região. De acordo com o coronel Thiago Fernando da Silva, subcomandante do 26º Batalhão da Polícia Militar (BPM), uma reunião com os comerciantes já está sendo agendada.

- Um trabalho de investigação já está sendo realizado para identificar todos os bandidos. Tudo indica que o trio que invadiu o Santander tem a possibilidade de ter envolvimento com os outros dois delitos, entre a noite de terça e madrugada de quarta-feira. Já estamos buscando soluções para impedir as práticas criminosas nas lojas – disse.

O coronel ainda falou sobre o acesso aos fundos das lojas do Centro.

- A mata utilizada pelos criminosos no crime é muito extensa. O fato das ações serem realizadas no escuro dificulta mais ainda o trabalho. Porém, estamos tomando todas as providências para acabar com o problema – concluiu.

Atendimento é suspenso

Durante toda a quinta-feira, quem precisava utilizar os serviços disponíveis na agência da Paulo Barbosa, eram direcionados às unidades mais próximas da empresa, localizadas na Rua Marechal Deodoro, 73 e Avenida Koeler, 233, todas no Centro.

O Diário de Petrópolis entrou em contato com a assessoria de comunicação do banco, que confirmou através de nota a tentativa de furto na agência. Questionada sobre as medidas posteriores ao caso, o Santander apenas informou que está colaborando com as investigações policiais.

Terceiro furto em 26 horas

Roubos e furtos em estabelecimentos comerciais estão assustando a população, principalmente pela agilidade e ousadia da atuação dos bandidos. Para se ter ideia, em menos de quatro horas, criminosos invadiram as lojas Ponto Frio e Mega Vale, no Centro, furtando diversos aparelhos eletrônicos e grande quantidade em dinheiro. As ações aconteceram entre a noite de terça-feira e madrugada de quarta-feira (9).

A loja Ponto Frio, localizada na Rua do Imperador, foi furtada por volta das 22h30 de terça-feira. Entrando pelos fundos do estabelecimento, criminosos arrombaram a porta do segundo andar, que dá acesso ao estoque. O disparo do alarme não intimidou a ação criminosa. Do local foram levados celulares, tablets, notebooks e vídeo-games. Acionada pela central de monitoramento, a Polícia Militar chegou ao local, não encontrando nenhum suspeito.

Momentos depois, já na madrugada de quarta-feira, a loja Mega Vale, que fica a apenas 150 metros de distância do Ponto Frio, também foi furtada. Aproximadamente R$ 20 mil teriam sido levados da loja especializada na venda de cosméticos, de acordo com a PM. Localizado na Rua Paulo Barbosa, o estabelecimento foi invadido por volta das 2h25.

 

 



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior