Edição: quinta-feira, 04/01/2018
Compartilhe:

  Habitação

Apartamentos entregues na Posse com infiltrações serão recuperados

24 famílias receberam os apartamentos com problemas estruturais em 2016

Prefeitura trabalha para concluir todas as 144 unidades

 

Há pouco mais de um ano, o auxiliar de pedreiro Cristiano Mathias da Costa foi um dos beneficiados com as casas do conjunto habitacional da Posse entregues pela administração anterior. Mas o que era para ser o fim do sofrimento dele, desabrigado após uma chuva em 2004, se tornou dor de cabeça. No banheiro, os vazamentos são constantes e ele, a esposa e os três filhos percebem a queda da água quando estão tomando banho, por exemplo. Mas as marcas também são visíveis na parede, manchadas e com infiltrações. Esses problemas serão corrigidos agora pela prefeitura, que vai reformar os 24 apartamentos já entregues e finalizar os outros 48 construídos pelo município no local. Além disso, o Estado também retomou as obras em três blocos e pretende entregar 36 moradias até o fim de fevereiro.

A notícia foi dada em uma reunião entre a Secretaria de Obras, Habitação e Regularização Fundiária do município e a Companhia de Estado de Habitação (Cehab) com os moradores nesta quarta-feira (03.01). Com isso, a prefeitura segue avançando com a política habitacional no município. Na Posse, são 144 moradias que serão entregues, entre as que serão reformadas e finalizadas, e mais 776 no Vicenzo Rivetti do programa Minha Casa Minha Vida, somando 920 unidades habitacionais este ano.

A reforma no apartamento agradou Cristiano, que teve que mudar de hábitos em casa por causa dos vazamentos.

“Eu tive que tirar o forro do banheiro porque ele já estava quase caindo. A gente entra no banheiro para fazer alguma coisa já sabendo que vai ter que tomar banho. Eu evito acender a luz por preocupação. Agora que vão reformar, vai ser muito bom, tudo que a gente quer é poder usar nossa casa sem problema”, diz.

A aposentada Maria das Graças de Oliveira Simões é outra que sofre com os problemas do apartamento onde mora. A filha dela, Fabiana, comprou uma lata de tinta para pintar as paredes do banheiro antes de receber visitas no período de Natal.

“A gente cuida direitinho da casa e tem esse problema. Tivemos que pintar porque não dava para receber as pessoas com o banheiro daquele jeito. Vai ser muito bom fazerem este conserto”, afirma ela.

Além de fazer a reforma dos apartamentos entregues, a prefeitura vai fazer os acabamentos como instalação de vasos sanitários, torneiras, entre outros pontos das casas que ainda não foram finalizadas. Nesta quarta, também foi realizado capina e roçada no local por cinco funcionários da Comdep.

Da parte do Estado, os trabalhos de pintura interna e externa, reparos da parte elétrica dos blocos, instalação de pias e tanques, entre outros, foi retomado ainda no final de dezembro. Os apartamentos são padronizados e possuem dois quartos, sala, banheiro e cozinha/área de serviço.

“Nós também vamos implementar um trabalho social juntos aos moradores, que não foi feito na época certa. Esse trabalho vai servir para ajudar todos eles a conviverem bem e conscientizar sobre o papel de cada um na comunidade”, explica o diretor de Habitação e Regularização Fundiária, Antônio Neves.

Com 920 casas sendo totalmente entregues em 2018, Petrópolis dará um importante passo para reduzir o déficit habitacional na cidade, que chega a 12 mil moradias. Por isso, a retomada das obras na Posse é comemorada por movimentos sociais que lutam por moradias no município.

“A gente fica muito feliz pela retomada da obra por parte do Estado e pela reforma dos apartamentos que foram entregues. A forma como os moradores receber as casas é desumana, eles foram jogados sem infraestrutura. Essa notícia foi um presente de ano novo. Só de saber que vão ter famílias que vão fechar esse ano morando aqui, a gente já fica feliz”, coloca a líder do Movimento pelo Aluguel Social e Moradia, Cláudia Renata de Almeida.



Compartilhe:



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior