Edição anterior (1368):
quinta-feira, 09 de agosto de 2018
Ed. 1368:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1368): quinta-feira, 09 de agosto de 2018

Ed.1368:

Compartilhe:

Voltar:


  Greve

Assembleia definirá o futuro da greve dos profissionais da educação

Yuri Lima yuri.lima@diariodepetropolis.com.br

A Assembléia que definirá pela continuidade, ou não, da greve dos profissionais da educação ocorrerá amanhã (10), às 10h, no pátio da Catedral de São Pedro de Alcântara. Ontem (8), o movimento seguiu com os abaixo-assinados e os educadores se reuniram na Praça Dom Pedro II no final da tarde, às 17h, e fizeram uma passeata até a Câmara Municipal de Petrópolis, onde ocorreu uma audiência pública, às 19h.

A intenção da categoria foi buscar o apoio do poder legislativo, é o que afirma Rose Silveira, presidente do Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe).

- A idéia é expor o problema e chamar a responsabilidade para a Câmara, solicitando que os vereadores façam a sua parte e fiscalizem a execução das leis. Parte das nossas reivindicações são regras municipais, o trabalho do parlamentar é fiscalizar o cumprimento dessas legislações – declarou.

No turno da tarde de ontem, 72 unidades educacionais funcionaram normalmente, 68 de forma parcial e 43 ficaram paralisadas. A Prefeitura informou que o atual governo segue com a política de austeridade e controle rigoroso de gastos, por conta da crise econômica nacional - agravada em Petrópolis pelo montante de dívidas acumuladas por antigos gestores, que alcança R$ 766 milhões, dos quais R$ 81 milhões pagos por esta gestão. Somente as dívidas trabalhistas deixadas por antigos gestores somam R$ 119 milhões. Deste montante a prefeitura já conseguiu pagar R$ 68 milhões entre salários atrasados, consignados e PIS e Pasep atrasados, além de manter em dia a folha de pagamento.

O município afirmou que mantém aberto o canal de comunicação com os sindicatos que representam os servidores e  frisa que hoje todos os esforços dos gestores estão concentrados em garantir em dia o pagamento do funcionalismo público - folha de pagamento que alcança R$ 525 milhões por ano.



Edição anterior (1368):
quinta-feira, 09 de agosto de 2018
Ed. 1368:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1368): quinta-feira, 09 de agosto de 2018

Ed.1368:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior