Edição: terça-feira, 28/11/2017
Compartilhe:

  Esporte

Atividades do "Agita Petrópolis" estão com vagas abertas nas comunidades

 Projeto oferece futsal, futebol society, ginástica e alongamento no Siméria, Madame Machado, Bataillard e Vila Rica

As atividades do Agita Petrópolis continuam com vagas abertas no Siméria, Madame Machado, Bataillard e Vila Rica. Criado pela prefeitura neste ano, o projeto oferece futsal, futebol society, ginástica, alongamento, entre outras atividades, de maneira gratuita para a população. Funcionando em 10 comunidades da cidade, o programa atende regularmente mais de 1.500 pessoas e tem o objetivo de fomentar o esporte em todo o município. Os interessados em participar podem procurar a sede da Superintendência de Esportes e Lazer da cidade, que fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, na Praça Visconde de Mauá, no Centro.

Além das atividades do Agita Petrópolis, a escolinha de basquete do Flamengo, inaugurada em abril pelo prefeito Bernardo Rossi, também tem vagas em aberto para crianças e adolescentes entre oito e 18 anos. O núcleo funciona no Centro Cultural e Esportivo Fábrica do Saber, na Estrada da Saudade, atendendo a mais de 100 jovens de todo o município.

“Esporte é sinônimo de bem-estar e a certeza de uma vida mais saudável e deve estar presente em todo o município com acesso para toda a população. Estamos trabalhando pela ampliação do Agita Petrópolis, além do incentivo à formação de atletas. Nosso trabalho tem o objetivo de democratizar o acesso ao esporte na nossa cidade”, afirma Hingo Hammes, superintendente de Esportes e Lazer da cidade, lembrando que a participação dos moradores é fundamental para a manutenção das atividades.

Ao longo desse ano, a prefeitura ofereceu uma série de atividades físicas gratuitas para a população, como aulas nas academias ao ar livre de Cascatinha e do Retiro, um “aulão” de zumba no Palácio de Cristal, além dos Jogos Germânicos, dentro da programação da Bauernfest. “Por determinação do prefeito Bernardo Rossi, colocamos atividades físicas nas principais festas da cidade, como o aniversário de Petrópolis e a Bauernfest”, explica Hingo.

A prefeitura também passou a organizar os eventos do Programa de Esporte e Lazer da Cidade (PELC). A programação é obrigatória e segue as diretrizes do Ministério do Esporte, atendendo regularmente 1.200 pessoas em três núcleos: Carangola, Posse e Quitandinha. “Existe a demanda da cidade para mais núcleos. A prefeitura já fez o pedido ao Ministério do Esporte e seria muito importante que a cidade recebesse o PELC em mais comunidades”, comenta Hingo.

Agita Petrópolis, PELC, e em breve, o Programa Segundo Tempo (PST). O Ministério do Esporte aprovou o projeto na cidade, que vai beneficiar 500 crianças e adolescentes de cinco locais do município: Caxambu, Morin, Mosela, Bingen e Valparaíso. A previsão é que seja iniciado o funcionamento no início do ano que vem.  As modalidades oferecidas pelo projeto são futsal, basquete, vôlei, handebol, futebol de campo, rúgbi e atletismo.

  “O Ministério do Esporte entendeu as necessidades de Petrópolis e se tornou um grande parceiro nosso. São mais espaços e mais projetos sempre fomentando a prática de atividade física a toda população, começando com as crianças e adolescentes”, explica Hingo Hammes, que lembrou ainda que a cidade recebeu R$ 7 milhões do Governo Federal para a reforma de quadras esportivas, além do prefeito Bernardo Rossi ter quitado uma dívida de cerca de R$ 60 mil, garantindo a retomada do Centro de Iniciação Esportiva (CIE) no Caxambu, que já tem 80% da obra concluída.

“Temos quase 50 quadras comunitárias em todo município e nove serão reformadas. Outras duas tiveram obras retomadas por determinação do prefeito Bernardo Rossi e a construção do Centro de Iniciação Esportiva (CIE) no Caxambu está chegando perto do fim. O esporte de Petrópolis vive um novo momento, está avançando e agora terá um impulso ainda maior”, completa Hingo.



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior