Edição: quinta-feira, 07/12/2017
Compartilhe:

  Economia

Aumento da produção de veículos se reflete em Petrópolis

Concessionárias da cidade registraram maior volume de vendas neste ano, superando crise econômica

Philippe Fernandes

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) divulgou ontem (6) números que apontam para uma recuperação da indústria automobilística e do mercado de veículos novos. A produção de automóveis cresceu 27,1% de janeiro a novembro deste ano. Na comparação com o mesmo período de 2016, a produção cresceu 15,2%, passando de 216,3 mil para 249 mil unidades. E esse cenário também se reflete em Petrópolis: quem trabalha no ramo comemora a melhora nas vendas e na procura nos últimos meses.

De acordo com a gerente de vendas da concessionária Metz, Jussara Pereira, o movimento melhorou um pouco nos últimos meses, e a expectativa para o fim do ano é boa.

- O aumento nas vendas este ano foi gradativo. O cenário está um pouco melhor do que nos últimos anos. Fizemos uma série de promoções para atrair os clientes, com taxa zero, pagando os veículos usados pela tabela Fipe, e fazendo bonificação. Estamos confiantes que dezembro será um bom mês para as vendas. Os clientes estão muito pesquisadores, procurando de loja em loja para ver onde está o melhor preço – afirmou.

A supervisora de vendas da Eurokraft, que comercializa veículos da Volkswagen, Elimara Pereira, disse que o ano foi complicado, mas que houve uma melhora, principalmente nos últimos meses.

- O ano começou bem fraco, mas melhorou do meio para cá. O fluxo de pessoas tem aumentado. No entanto, enfrentamos dificuldades, como a proximidade da cidade com o Rio, onde há concessionárias com estoques muito maiores e condições de realizarem descontos mais agressivos. Mesmo assim, estamos apostando em novos veículos, com preços mais em conta, para alavancar as vendas – disse Elimara.

Capacidade ociosa começa a reduzir

De acordo com o presidente da Anfeava, Antonio Megale, a capacidade ociosa ainda está alta, com índices de 45%, chegando a até 75% no setor de caminhões. No entanto, a ociosidade está começando a diminuir. Megale informou, ainda, que as vendas internas de novembro cresceram 0,7% em relação a outubro, chegando a 204,2 mil unidades.

No acumulado do ano, o total licenciado chegou a 2,027 milhões, número 9,8% maior do que o de igual período do ano passado. Na comparação com o mesmo mês de 2016, houve aumento de 14,6%. Pela primeira vez no ano, foram licenciadas mais de 10 mil unidades por dia.

- Este é o melhor número desde 2014, e nos dá uma confiança maior. Começamos o ano com 6.600 unidades em janeiro – disse.

Exportações

A venda de veículos para o exterior aumentou 18,7% em novembro, na comparação com outubro, passando de 73 mil unidades. Em relação a novembro do ano passado, as exportações aumentaram 28,8% e, no acumulado do ano, 53,3%, alcançando 700,893 mil unidades.

- Foi um mês excepcional: 73 mil é um número de recorde histórico para o mês. O acumulado de mais de 700 mil também é uma excelente notícia e outro recorde. Mostra o esforço feito pelas empresas, a melhoria na questão cambial e a evolução tecnológica dos produtos - afirmou Megale.

 



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior