Edição anterior (1362):
sexta-feira, 03 de agosto de 2018
Ed. 1362:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1362): sexta-feira, 03 de agosto de 2018

Ed.1362:

Compartilhe:

Voltar:


  Polícia

Bandidos armados fazem arrastão na subida da Serra de Petrópolis

Dois dos quatro criminosos foram presos com carga de cigarro avaliada em quase R$ 200 mil

Vitor Garcia – Especial para o Diário

Motoristas viveram momentos de tensão, na manhã da última terça-feira (31), durante um arrastão na subida da Serra de Petrópolis, na BR-040. Quatro criminosos armados fizeram três vítimas reféns no quilômetro 93, que foram levadas para uma área deserta da rodovia. Imagens das câmeras de segurança de um ônibus flagraram parte da ação criminosa. A polícia foi acionada e dois bandidos foram presos em flagrante com R$ 191 mil em mercadoria roubada.

A ação aconteceu às 7h17, quando os bandidos desceram de um carro roubado modelo HB20S, rendendo os motoristas que passavam pela via. Um dos ladrões quase se machucou ao tentar abordar um utilitário modelo Savero, pois o motorista acelerou o veículo e a mão do criminoso ficou presa junto ao vidro do carro. Um ônibus da viação Única, que fazia a linha Rio x Petrópolis, estava passando pela via no momento do arrastão. Uma das câmeras de segurança flagrou a ação dos criminosos por alguns segundos.
 

Seis casos em julho

Mas, para quem pensa que esse foi o primeiro dos últimos dias, está muito enganado. Segundo Luiz Assumpção, gerente de operações da empresa Única, somente no mês de julho aconteceram seis arrastões na subida da Serra de Petrópolis.

- As ocorrências podem não ter sido registradas, mas os nossos colaboradores ao longo do mês nos contaram ter passado pela via, constatando outros arrastões na subida da Serra. Somente em nossas contas já são seis. Neste, conseguimos ter imagens para colaborar nas investigações – disse.

As imagens das câmeras de segurança foram entregues à polícia e estão sendo analisadas. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), logo após os roubos na via, testemunhas informaram que os ladrões estariam utilizando um carro e uma motocicleta para fugir. Além disso, três pessoas teriam sido levadas, entre elas, um funcionário da empresa Souza Cruz, indústria brasileira de cigarros.

Com o apoio da Polícia Militar, a PRF realizou diligências às margens da rodovia, entrando em uma estrada de terra, após o Belvedere, onde encontraram dois carros estacionados. Nesse momento, dois criminosos fugiram em direção a uma mata. Outras três pessoas deitadas no chão foram identificadas como as vítimas.

Segundo a PM, o motorista do carro carregado de cigarros e outras duas pessoas que estavam em um veículo de passeio, disseram que foram obrigados a realizar o retorno na rodovia, e, posteriormente, entrar na estrada de terra, local onde os ladrões aguardavam a chegada de outro carro que faria o transporte da carga de cigarro avaliada em R$ 191 mil.

Com a chegada do Serviço Reservado da Polícia Militar, os agentes fizeram buscas pela região, capturando os dois bandidos, que foram encaminhados para a 105ª Delegacia de Polícia. Ao todo, foram recuperados 3.070 pacotes de cigarro fechados, 141 embalagens de fumo, 26 barbeadores, 18 desodorantes, 156 isqueiros e nove embalagens de bebidas, além dos dois carros das vítimas.

Serra de Petrópolis é insegura

Erlei Molter, policial da 6ª Delegacia da PRF, informou ao Diário que a filmagem está sendo analisada, podendo assim, identificar os outros autores do crime, assim como as placas dos veículos utilizados por eles. Além disso, deu dicas de como reagir diante desse tipo de crime.

- Uma pessoa ao ser surpreendida por um arrastão deve entregar tudo e não resistir à ação dos bandidos, prezando assim pela vida, acima de qualquer outro bem. Uma dica também ao motorista é manter uma distância do veículo da frente, podendo assim conseguir fazer algum tipo de manobra em casos possíveis. Na Serra de Petrópolis não há alternativas, mas, o condutor pode encostar o carro caso o trânsito estiver parado, ligando em seguida para a concessionária ou a polícia, para saber o que possivelmente possa estar acontecendo – explicou.

O número que o motorista pode utilizar em casos de necessidade é o 191 da PRF ou o 0800-282-0040 da Concer, empresa que administra a rodovia.

Outros casos

O Diário de Petrópolis questionou à PRF e a Concer sobre os outros arrastões verificados, mas não obteve resposta até o fechamento desta matéria.



Edição anterior (1362):
sexta-feira, 03 de agosto de 2018
Ed. 1362:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1362): sexta-feira, 03 de agosto de 2018

Ed.1362:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior