Edição anterior (1244):
sábado, 07 de abril de 2018
Ed. 1244:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1244): sábado, 07 de abril de 2018

Ed.1244:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral

Bernardo Rossi acompanha montagem da sala de monitoramento do Ciop

Prefeito esteve no local nesta sexta-feira (06.04) onde já foi instalado painel de monitoramento e identidade visual da central


 A montagem da sala de monitoramento do Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop) está avançando. Nesta sexta-feira (06.04), o prefeito Bernardo Rossi acompanhou o progresso dos trabalhos no local, que já tem o painel de televisores instalados – são seis aparelhos de 55 polegadas e tecnologia 4K, a mais avançada em resolução de imagem. A identidade visual da central de monitoramento já também já foi colocada.

A sala fica no Centro de Cultura Raul de Leoni, em um espaço de 90 m² que vai abrigar seis ilhas de monitoramento. Itens como mesas, cadeiras, computadores, nobreaks, entre outros, também serão instalados nos próximos dias. Antes, já haviam sido colocados o sistema de controle biométrico de acesso, porteira eletrônica, as câmeras de monitoramento internas e quatro aparelhos de ar-condicionado.

“A cidade está investindo em tecnologia para dar segurança à população e aos turistas. A segurança é um atrativo do município. A cada dia que passa, a central vai avançando e Petrópolis fica mais perto de ter esse serviço fundamental para todas as instituições que estarão integradas neste trabalho. Esse é um crédito que a prefeitura está dando à Guarda Civil, ao dar inteligência ao trabalho feito pelas forças de segurança. Essas câmeras vão ajudar a cuidar da nossa cidade”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

Agora, o próximo passo a instalação das câmeras, que está previsto para terça-feira (10.04).

“A primeira a ser colocada será no próprio Centro de Cultura e será ligada à central por cabeamento óptico, por onde será feita a transmissão de dados. Todos os pontos monitorados pelo Centro Histórico vão adotar esse sistema, enquanto os locais mais distantes vão enviar as imagens por wifi”, explica o engenheiro da Emive (empresa responsável pela montagem do Ciop), Rodrigo Gonçalves Silva.

O Centro Integrado de Operações de Petrópolis vai monitorar 46 pontos de toda cidade com câmeras que filmam em 360º. Além disso, nas entradas da cidade – como Bingen, Quitandinha, Alto da Serra, trevo de Bonsucesso e Posse – serão instaladas 10 câmeras fixas acompanhando a movimentação de veículos. O sistema possui reconhecimento facial e leitor de placas veiculares.

As imagens serão acompanhadas por Guarda Civil, Polícia Militar, Polícia Civil, CPTrans, Defesa Civil e Bombeiros. Depois da montagem do Ciop, a cidade dará início a segunda fase do projeto de monitoramento da cidade, que vai contar com mais 40 câmeras, totalizando 86 pontos monitorados.

A visita ao Centro Integrado de Operações de Petrópolis também contou com a presença do vice-prefeito Baninho, do secretário de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Djalma Januzzi, do coordenador de Segurança, Maurício Borges, do comandante da Guarda Civil, Jeferson Calomeni, e do líder do governo na Câmara, vereador Roni Medeiros.



Edição anterior (1244):
sábado, 07 de abril de 2018
Ed. 1244:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1244): sábado, 07 de abril de 2018

Ed.1244:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior