Edição: quinta-feira, 10/05/2018
Compartilhe:

  Maio Amarelo

Caminhada que encerra o Maio Amarelo vai recolher alimentos para instituições de caridade

No dia, cãominhada também será promovida

 
           A Caminhada Pela Vida, evento que encerra o Maio Amarelo, vai arrecadar alimentos para doações à instituições de caridade. Marcada para o próximo dia 26, a intenção é que os usuários troquem os mantimentos por camisas para participação do evento. A concentração está marcada para às 14h na Praça D. Pedro, saindo às 15h em direção à Praça da Liberdade pelas ruas do Centro. Pela primeira vez, os donos estão sendo motivados a levar seus cachorros para o evento. A intenção é chamar atenção para o cuidado com os animais no trânsito.

            Um levantamento do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas (CBEE) aponta que, por ano, cerca de 475 milhões de bichos perdem a vida atropelados no país. Significa dizer que a cada 15 segundos, um animal morre nasrodovias brasileiras. Em Petrópolis, levantamento da Coordenadoria de Bem-estar Animal aponta que o maior número de registro de acidente com os animais é no Quitandinha, seguido por Itaipava, Cascatinha, Centro e Corrêas.

            “A caminhada é um momento de reflexão, mas também uma oportunidade de envolver outras causas no assunto, como a social e a animal. Os alimentos serão doados a instituições sérias. No ano passado houve grande êxito com essa ação e conseguimos que as pessoas participassem ajudando a causa, no que resultou em 442 Kg de alimentos não perecíveis. Este ano, também queremos trazer à tona a questão dos animais no trânsito, por isso estamos destacando aos que forem participar do evento, que levem seu cachorrinho”, convida o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

            Para o dia do evento, alguns cuidados devem ser tomados ao levar o animal: ele deve estar sempre de coleira, de preferência uma que seja confortável e confiável; a vacinação deve estar em dia; é importante manter o animal hidratado e, em caso de cães grandes, ele deve estar com a focinheira. Além disso, é necessário levar saquinho para recolher as fezes do animal, ter atenção se o chão está quente para não queimar a pata do cachorro e, em caso de animais brancos, utilizar protetor solar.

            A coordenadora de Bem-estar Animal, Elizabeth Amorin, destaca que, no trânsito, as pessoas precisam ter cuidado redobrados com os bichinhos. “Os acidentes de trânsito envolvendo animais também ocorrem e, neste caso, o socorro é muito importante. A pessoa não deve fugir na cena e é essencial demonstrar compaixão pelo animal ferido”, destaca.

            “Durante todo o mês promovemos atividades, que chegara ao ápice com a Caminhada Pela Vida. Nosso objetivo agrega três ações que promovem o bem. A primeira é a própria caminhada em si, que quer reunir pessoas que foram impactadas com as atividades do Maio Amarelo, além daquelas que poderão dar seus depoimentos sobre o assunto; já os mantimentos recolhidos serão entregues para as entidades que precisam de auxílio; e o cãominhada para mostrar que os animais também fazem parte do trânsito e precisamos chamar atenção para esta causa”, conclui Maurinho Branco.  



Compartilhe:



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior