Edição: terça-feira, 17/04/2018
Compartilhe:

  Habitação

Chamamentos públicos para construção de casas em Benfica e Vale do Cuiabá serão lançados nesta terça

 

Os chamamentos públicos para construção de moradias em Benfica e Vale do Cuiabá serão lançados nesta terça-feira (17). O alinhamento com o governo do Estado reuniu nesta segunda-feira (16) o subsecretário de Estado de Habitação, Carlos Ramos, o vice-prefeito Baninho e o secretário de Obras, Habitação e Regularização Fundiária, Ronaldo Medeiros, no Rio. O encontro também serviu para afinar detalhes sobre os editais dos outros dois terrenos onde serão construídas unidades habitacionais pelo programa Minha Casa Minha Vida – Mosela (pelo governo do Estado) e Caititu (prefeitura). No total, serão construídas 1.028 moradias nesses quatro locais.

“Estamos lançando esses dois editais e acreditamos quem em mais 10 ou 12 dias, vamos lançar o chamamento da Mosela”, disse Carlos Ramos.

“Essa reunião serviu para alinhar o trabalho do município ao do estado. O chamamento para o terreno do Caititu será feito na mesma base do edital dos terrenos do estado. A intenção é que isso seja feito até fim do mês”, afirmou Ronaldo Medeiros.

A construção das 1.028 moradias foi autorizada pelo ministro das Cidades, Alexandre Baldy, e anunciada no fim do mês passado, no Rio. Três dos terrenos onde serão feitas as moradias pertencem ao Estado: Benfica (120 unidades), Cuiabá (40) e Mosela (140). Já o maior deles, o Caetitu, que pertence ao município, são 720 unidades habitacionais previstas.

“Petrópolis está avançando como nunca na questão habitacional. A cidade está vendo as 776 unidades do Vicenzo Rivetti ficando prontas e as obras no conjunto habitacional da Posse estão andando para entregar as 144 casas em plenas condições. São 920 moradias apenas esse ano, mais as 1.028 até o fim de 2019, ou seja, quase 2 mil novas casas em três anos, a maior quantidade até hoje no município”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

         No Vicenzo Rivetti, 776 apartamentos estão em reta final de construção. Maior empreendimento habitacional da história do município, a obra está próxima de 90% de conclusão após ganhar ritmo em 2017. Mais de 600 apartamentos já estão prontos, segundo a AB Construtora, empresa responsável pelo trabalho. Já na Posse, serão finalizadas as 48 moradias de responsabilidade do município e reformados os 24 apartamentos entregue com vazamentos e infiltrações. As 72 unidades feitas pelo estado também passam por obras para serem entregues nos próximos meses.



Compartilhe:



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior