Edição: segunda-feira, 16/04/2018
Compartilhe:

  Cidade

Comdep  usa retroescavadeira para retirar 16 toneladas de entulho na Mosela

Restos de eletrodomésticos, colchão, sofá e estante foram descartados irregularmente

Posturas recebe denúncias pelo telefone 2246-9042.

 

A Rua Alberto de Oliveira, na Mosela, recebeu nesta sexta-feira (13.04) remoção de 16 toneladas de entulho no ponto final do local. Dois caminhões, uma retroescavadeira e cinco funcionários fizeram a limpeza do espaço. O serviço, que é feito em duas frentes, foi realizado em 56 ruas ou locais de 30 bairros apenas na primeira metade deste mês de abril.

Além da Alberto de Oliveira, a Comdep também fez coleta de entulho nas ruas Eugênio Barcellos, Simão Bolivar, 29 de Junho, Fabrício de Matos (Valparaíso), Piabanha (Centro), Batista da Costa (Mosela), Campo do Serrano (Bingen), Marechal Hermes (Quarteirão Ingelheim), Independência, Capela, Vila Militar, Nogueira e Duarte da Silveira.

“O trabalho de coleta de entulho é dividido entre Comdep, com funcionários e maquinário próprio, e Secretaria de Serviços, que coordena pessoal e equipamentos da Força Ambiental. O despejo de entulho, ou seja, restos de obras, mato, móveis e eletrodomésticos velhos, em ruas e calçadas, é proibido e quem for flagrado está sujeito a multa”, lembra o presidente da Comdep, Wagner Silva.

O despejo de restos de obras, mato, móveis e eletrodomésticos e de lixo sobre ruas e calçadas é proibido pelo Código de Posturas do município. A destinação correta é levar o material para o aterro de Pedro do Rio. Quem for flagrado cometendo a irregularidade é intimado a fazer a remoção imediata e recebe multa de R$ 800. A população pode ajudar a coibir o descarte irregular de entulho denunciando os casos para a Fiscalização de Posturas pelo telefone 2246-9042.

A prefeitura vem tomando medidas para frear o descarte irregular, como um fiscal acompanhando as equipes de remoção para fazer flagrantes e trabalha para enviar para apreciação da Câmara um projeto de atualização de valores das multas, que passaria a variar entre R$ 6,5 mil e R$ 20 mil.

Outras ações foram tomadas para conscientizar a população a não realizar o descarte de forma irregular. O setor de obras Comdep instalou 42 placas em 2017 indicando a proibição do despejo de entulho. A empresa ainda construiu canteiros de jardinagem em locais com intenso descarte, como na Rua Fabrício de Mattos, Valparaíso.

Também foi reativado o Disque Entulho, serviço que coleta até 20 sacos de resíduos volumosos de forma gratuita a partir de agendamentos pelo telefone 2243-7822. Apesar de possuir rotas fixas de segunda a sexta, os moradores de qualquer bairro podem pedir atendimento (os locais fora do cronograma serão atendidos de acordo com a disponibilidade).

Cidade bem cuidada: prefeitura trabalhando nos bairros

A Comdep ainda fez capina e roçada no Amazonas (Quitandinha), Piabanha, Barão do Rio Branco (Centro), Oswero do Carmo Vilaça (Alto da Serra), Trono de Fátima (Valparaíso), Meio da Serra,Estrada do Rocio e Parque de Itaipava

A varrição ocorreu em Centro, Quissamã, Itamarati, Cascatinha, Pedro Elmer, Estrada da Saudade, Boa Vista, Alcobacinha, Bela Vista, Quitandinha, Castelanea, Alto da Serra, Morin, Bingen, Mosela, Barão do Rio Branco, Retiro, Carangola e as feiras livres da General Rondon e Francisco Manuel.

A Secretaria de Obras fez manutenção de rede de águas pluviais em Rua Gastão Marques Borges (Mauá), Manoel Borges Freitas (Duarte da Silveira), Alberto de Oliveira (Mosela), Rua do Imperadore Rua Cristovão Colombo (Centro). Ainda foi feita reparos no muro da Praça da Mosela e desobstrução de ralos na Praça de Nogueira.

A manutenção da rede de iluminação pública aconteceu nos bairros Independência, Valparaíso e Bela Vista.



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior