Edição: terça-feira, 06/03/2018
Compartilhe:

  Diário Comunidades

Comunidade Oswaldo Cruz recebe primeira etapa do Petrópolis da Paz

Ação faz farte do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa

Reunião entre equipe do projeto e líderes comunitários foi realizada na associação de moradores da localidade

           

 

Ocorreu no domingo (04.03) a primeira reunião entre a equipe do Programa Municipal de Pacificação Restaurativa (Petrópolis da Paz) e líderes comunitários da comunidade Oswaldo Cruz, no Valparaíso. Realizado na associação de moradores da localidade, o encontro reuniu mais de 20 líderes comunitários, além da equipe do programa, representantes do Corpo de Bombeiros e Wesley Barreto, representando a Coordenadoria da Juventude. Antes da Oswaldo Cruz, receberam o programa as comunidades de Madame Machado e Vila Rica, ambas em Itaipava.

            No programa, são oferecidos cursos de capacitação em mediação de conflitos e é instaurada na localidade uma sala de mediação comunitária, facilitando a vida de seus habitantes. A mediação é uma forma mais rápida e menos burocrática de resolver conflitos, evitando a abertura de processos judiciais. No estado, Petrópolis é a primeira cidade a receber este tipo de programa.

            “A comunidade recebeu muito bem o programa, o que é imprescindível para que a implantação aconteça. Já tivemos um encontro com o presidente da associação, o Reinaldo, que mobilizou todas as lideranças e fez com que este encontro fosse possível. É muito bom ver o projeto sendo tão abraçado pela cidade”, destaca Elsie-Elen de Carvalho, coordenadora do Petrópolis da Paz,

            O programa é apresentado em duas frentes: mediações comunitária e escolar. A comunitária é um método informal de resolução de conflitos, realizado de forma pacífica, voluntária e colaborativa, sempre contando com um mediador, que concilia imparcialmente. Já a mediação escolar, que é realizada em parceria com a Secretaria de Educação, visa acabar com dificuldades entre diretores, pais, professores, alunos e comunidade escolar em geral, de forma pacífica e, se possível, solucionando as questões dentro da própria escola.

            “Foi muito bom conhecer o programa e apresentá-lo aos líderes da comunidade, que vão ser de grande importância em sua implantação. Oferecemos aulas de capoeira, zumba, etc, e o programa vem para agregar ainda mais à nossa população”, frisa o presidente da associação de moradores da localidade, Reinaldo de Souza Santos.

            Na reunião, estava presente o coordenador da Juventude, Wesley Barreto, que aproveitou a ocasião para apresentar o projeto Bairro-Escola, que será iniciado na localidade no próximo fim de semana. ”O Bairro-Escola é um projeto de reforço escolar, que começa a ser implantado na Oswaldo Cruz no dia 11.03, quando serão abertas as inscrições para o programa. Muito positiva a ideia do Petrópolis da Paz, que anda de mãos dadas com nossa proposta de melhoria na vida do petropolitano”, declara Wesley.

            O Programa de Pacificação Restaurativa foi criado no último ano e já começa a se instalar nas comunidades de Madame Machado, Vila Rica, e, agora, na comunidade Oswaldo Cruz. Os próximos locais a receberam o projeto são Vila São José, Contorno, Sítio do Pica-pau (Dr. Thouzet) e Moinho Preto.



Compartilhe:


Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior