Edição: quinta-feira, 09/11/2017
Compartilhe:

  Serra de Petrópolis

CPTrans quer mão dupla em trecho na BR-040 para evitar congestionamento na União e Indústria


             A CPTrans está notificando a Concer a realizar uma operação provisória de mão dupla no trecho em que a concessionária responsável pela BR-040 utilizou o pare-e-siga na terça-feira (07), entre os quilômetros 78 e 81 da rodovia no sentido Juiz de Fora. A medida acontece para evitar que veículos pesados utilizem a União e Indústria como rota alternativa para fugir da área interditada e comprometa o trânsito em toda a cidade. Agentes da CPTrans já estão em pontos considerados estratégicos para controlar os acessos ao município.

            Atualmente, a Concer está orientando que veículos pesados sigam pela BR-393, a partir do Km 21, em Três Rios acessando a Dutra para alcançar o Rio de Janeiro. No entanto, para evitar o trajeto alguns desses veículos seguem normalmente o caminho, mas entram em Itaipava com destino ao Bingen e Quitandinha, comprometendo todo o trânsito do município. Alguns veículos de passeio também fazem essa rota, além de outros utilizarem a entrada do bairro Duarte da Silveira, no Km 82, de onde seguem pela Rua Paulo Hervê, Rua Bingen, e fazem o contorno próximo à Rodoviária do Bingen para seguir pela Serra.

“Isso compromete todo o trânsito da cidade. Mais uma vez a Concer continua causando danos irreparáveis a Petrópolis e vamos lutar para que sua ineficiência não comprometa ainda mais a vida dos petropolitanos. A cidade não pode ser punida mais uma vez pela negligência desta empresa. Todas as nossas equipes estão nas ruas empenhas para coordenar o trânsito e já estamos fazendo a contagem de veículos pesados que adentram pelo Trevo de Bonsucesso para saber se houve aumento efetivo por conta da interrupção do trânsito”, explica o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

            Opção para moradores petropolitanos e visitantes que segue de Juiz de Fora pela BR-040 e quer entrar em Petrópolis é utilizar o acesso alternativo na altura do quilômetro 74 da BR-040, entrada à esquerda, ao lado do antigo Centro de Treinamento dos Correios (CTC). Esse caminho passa pela localidade conhecida como Alta da Derrubada saindo na pista sentido Juiz de Fora. O motorista deve entrar no primeiro acesso à direita, com placa indicativa para a Mosela - onde seguindo pelo Moinho Preto pela via principal o motorista chegará ao bairro e poderá seguir para qualquer ponto do município.

            A previsão inicial da Concer é que o trecho do Km 81 da BR-040, em que uma cratera engoliu uma casa às margens da rodovia, permaneça interditado por mais 5 dias – período em que a concessionária realiza um estudo estrutural na estrada para que aponte se há danos à rodovia. Apenas após esse período é que será definido se o trecho será aberto ou não à passagem de veículos.

            “Primeiramente é preciso garantir a integridade e a segurança daquela área para que só assim o trecho seja liberado. Enquanto isso estamos trabalhando para tornar a frustração das pessoas que precisarão fazer esses desvios um pouco menor. Pedimos que todos tenham paciência neste período e que obedeçam às leis de trânsito para que consigamos executar esse trabalho de maneira efetiva”, solicita Maurinho.



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior