Edição: sexta-feira, 13/04/2018
Compartilhe:

  Cidade

CPTrans testa por mais um dia alternativa de trânsito na Paulino Afonso e Montecaseros

Objetivo é diminuir o tempo de viagem do transporte coletivo


     A mudança de tráfego testada pela CPTrans nesta quinta-feira (12.) avaliou por mais um dia as alterações realizadas na Montecaseros e Paulino Afonso. Ao mesmo tempo em que foi mantida uma faixa seletiva exclusiva para os coletivos a partir do trecho final da área onde funciona o estacionamento rotativo na Paulino Afonso, também ficou proibida a conversão à esquerda no final do cruzamento com a Montecaseros e na Praça Oswaldo Cruz. A intenção dos testes realizados pela CPTrans é diminuir o tempo de viagem para o usuário de transporte público.

            Esta já é a segunda semana consecutiva em que a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes realiza testes de trânsito nas ruas da cidade. Na semana passada, uma alteração foi feita na Avenida Tiradentes autorizando que os ônibus urbanos que seguiam da Avenida Imperatriz utilizassem o trecho em direção à Koeler, ao invés de seguir pela Raul de Leoni e Ipiranga. Os dados dos GPS dos ônibus juntamente com os relatórios dos engenheiros de trânsito e a análise dos agentes da CPTrans estão sob análise para, após esse processo, uma decisão seja tomada.

“Nossa principal preocupação é com o usuário de transporte público, que fica retido na Paulino Afonso e Montecaseros. Após os testes vamos avaliar seu impacto para o tempo de viagem de cada uma das linhas e como o trânsito do restante da cidade foi impactado. Caso tenhamos uma conclusão positiva iremos implementar a mudança em definitivo. Se for necessário faremos outros testes no local”, explica o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

            A CPTrans tem buscando alternativas para melhorar o tempo de viagem das linhas de ônibus no município. A mudança foi sentida já no ano passado, quando houve 12.300 viagens a mais de ônibus que em 2016. Esse trabalho se deve a ação firme de fiscalização em cima das empresas de transporte. 

Ao longo do 2017, as cinco empresas autorizadas a funcionar na cidade receberam 1.661 multas, a maioria delas, 1.305, foi como punição por deixar de realizar viagem determinada. Petrópolis conta com 350 ônibus em operação e transportou 50 milhões de passageiros por 25 milhões de quilômetros percorridos – o suficiente para dar duas vezes a volta na Terra. O município tem, atualmente, um ônibus saindo de seus pontos finais a cada 12 segundos.



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior