Edição anterior (1245):
domingo, 08 de abril de 2018
Ed. 1245:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1245): domingo, 08 de abril de 2018

Ed.1245:

Compartilhe:

Voltar:


  Economia

Custo de vida em Petrópolis ainda é menor que na capital

A pesquisa é feita por um site colaborativo, que apura preços em diversas cidades do mundo

Philippe Fernandes


 Duas informações divulgadas nesta semana chamaram a atenção sobre o alto custo de vida no Rio de Janeiro: a pesquisa de preços dos combustíveis, que apontou o Estado com o segundo maior valor médio da gasolina no Brasil; e a cesta básica, cujo preço, na cidade do Rio, é o maior entre todas as capitais do país. Petrópolis, no entanto, ainda tem um custo de vida 23% menor do que o auferido na capital do Estado. A boa notícia é do site colaborativo Expatistan, que, a partir das informações passadas por internautas, compara dados de cidades em todo o mundo.

A maior diferença dos custos entre Petrópolis e o Rio são referentes à habitação. O aluguel mensal de um imóvel de 85 metros quadrados, por exemplo, sai pela metade do preço em Petrópolis, na média: R$ 1.284, contra R$ 2.698 na cidade do Rio. Com eletricidade, gás e outros serviços do tipo também é menor: R$ 340, em média, contra R$ 552 no Rio. Apenas um item foi mais caro neste quesito: a internet de 8 Mbps, com custo mensal médio de R$ 114, 33% mais caro que na capital, onde o preço é de R$ 86.

Em seguida, vem o entretenimento. Se divertir em Petrópolis, de acordo com o site, custa 30% menos que na capital do Estado. A maior diferença nesta área está nos ingressos para o cinema: dois ingressos saem, em média, por R$ 19; no Rio, o preço é de R$ 53 - 65% mais caro. A cerveja também é mais barata: sai por R$ 8 na Cidade Imperial; na capital, o custo é 25% maior. Jantar em um restaurante italiano também é mais em conta por aqui: os aperitivos, prato principal, vinho e sobremesa saem por R$ 105 e R$ 195 no Rio.

Medicamentos também são mais baratos em Petrópolis. Um remédio para resfriado chega a ser 48% mais barato do que na metrópole. O mesmo acontece com os cuidados pessoais: o corte de cabelo, por exemplo, custa R$ 25, contra R$ 41, em média, no Rio.

Alimentação é outro item onde o petropolitano paga menos que o carioca. Um almoço básico custa R$ 22, em média, contra R$ 33 na segunda maior cidade do país. O mesmo acontece com produtos encontrados em mercados, como leite, refrigerante, cerveja, vinhos, queijos e pães.

O único setor que fica mais caro em Petrópolis, segundo o site, é o de roupas. Um vestido de verão custa R$ 220, em média, contra R$ 197 no Rio. Um par de calçados esportivos de marcas como Nike ou Adidas sai, em Petrópolis, por R$ 358, contra R$ 332 no Rio.



Edição anterior (1245):
domingo, 08 de abril de 2018
Ed. 1245:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1245): domingo, 08 de abril de 2018

Ed.1245:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior