Edição: segunda-feira, 13/11/2017
Compartilhe:

  Saúde

Dia “D” de preventivo: 150 mulheres examinadas pela manhã no Centro de Saúde

32 Unidades de Saúde funcionaram de 8h30 às 16h
13 mil petropolitanas realizaram o exame representando alta de 50% com relação a 2016

 

A prefeitura atingiu as expectativas de ter um grande público na coleta do “Dia D” de preventivo realizado neste sábado (11.11) em 32 unidades de Saúde do município. Nem mesmo o tempo ruim desanimou as pacientes de cuidarem da saúde, às 7h30 mais de 100 mulheres já aguardavam a abertura dos portões do Centro de Saúde – referência no município na assistência pelo Programa da Mulher.

O preventivo é o principal exame para diagnosticar precocemente o câncer de colo de útero além de determinar níveis hormonais, diagnosticar inflamações ou infecções vaginais e doenças sexualmente transmissíveis.

“Estamos com dados positivos este ano. Atualmente há 13.406 mulheres com o exame em dia, 50% a mais com relação ao mesmo período do ano passado, mas precisamos mobilizar ainda mais mulheres a realizarem o exame, uma vez que há 22.336 usuárias do SUS. Hoje tivemos um grande público, mas a coleta ocorre diariamente em todas as unidades de Saúde”, afirma o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

 A campanha ocorreu em seis Unidades Básicas de Saúde, 24 Postos de Saúde da Família, além do Centro de Saúde, Hospital Alcides Carneiro e Ambulatório Escola de 8h30 às 16h com intervalo de 1h de almoço. A Saúde investiu em campanhas de conscientização e incentivo a realização do exame que diagnostica precocemente o câncer de colo de útero, que é considerado a terceira causa de morte de mulheres no Brasil. Em Petrópolis o número de óbitos por conta da doença teve redução de 40% e o dado positivo está diretamente ligado às ações preventivas e à maior oferta de exames na rede pública municipal.

“O exame preventivo deve ser realizado anualmente ou a cada seis meses de acordo com a indicação ou diagnóstico da paciente. Ele é a principal estratégia para se diagnosticar precoce de lesões cancerígenas no colo do útero, antes mesmo que o quadro evolua o suficiente para externar sintomas notáveis. Quando as lesões são detectadas precocemente, as chances de cura do quadro são de 100%. Esta é a principal razão pela qual a regularidade do exame preventivo é tão importante”, explica a superintendente de Atenção à Saúde, Fabíola Heck.

Mulheres se informaram e tiveram dia da Beleza no Centro de Saúde

 O Centro de Saúde preparou uma programação especial com “Dia da Beleza” onde as pacientes, enquanto aguardavam a realização de exames, tinha aula de como se maquiar e levantar a autoestima. Também foi promovida uma dinâmica de grupo formada por residentes de nutrição e psicologia da FMP/Fase que ao mesmo tempo em que levavam alegria às pacientes também davam dicas e orientações sobre saúde.

A programação agradou a artesã Madalena da Silva Francisco, 56 anos, que aproveitou o momento de espera para se maquiar.

“A Roberta e a Tainá arrasaram na maquiagem, eu nem sabia que ia ter isso. Foi muito legal porque distraiu a gente enquanto esperamos a consulta. Eu todo ano faço aqui, espero sempre o dia D para fazer meu preventivo”, disse.

A aposentada Deunice Ximenes também aprovou a iniciativa e reforça a preferência pela coleta junto ao profissional de enfermagem.

“A acolhida é muito boa, eles nos explicam com muito cuidado e nos alertam sobre a importância de fazer o exame anualmente”, avalia.

Após a realização do exame é preciso voltar para a consulta para saber os resultados 

            O preventivo deve ser realizado anualmente pelas mulheres assim que elas iniciarem a vida sexual. Além da detecção do câncer de colo de útero ainda na fase pré-clínica (sem sintomas), o exame auxilia no diagnóstico de outras doenças. Após a coleta, o material é encaminhado para um laboratório de análises clínicas e a paciente precisa retornar em um prazo de até 60 dias para pegar os resultados.

Sem realizar o preventivo há pelo menos dois anos a cuidadora de idosos, Aparecida de Jesus da Rocha, encontrou o resultado do último preventivo dentro do envelope de consulta.

“Eu realmente esqueci de fazer. A gente vai deixando pra depois por causa do trabalho e acaba não fazendo, como abriu o Centro de Saúde sábado foi bom para eu vir fazer, mas agora, farei todo ano”, afirma.

 A superintendente de Atenção à Saúde, Fabíola Heck reforça que a campanha é justamente para alertar a importância da coleta junto a essas mulheres que não realizam o exame anualmente.

“Podemos avaliar as alterações no colo do útero ocasionadas pelo HPV, lesões internas, infecções e inflamações vaginais, doenças sexualmente transmissíveis que não manifestam sintomas externos, por conta disso, é de extrema importância que as mulheres estejam em dia com os seus exames preventivo anualmente”, disse.



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior