Edição anterior (1452):
quinta-feira, 01 de novembro de 2018
Ed. 1452:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1452): quinta-feira, 01 de novembro de 2018

Ed.1452:

Compartilhe:

Voltar:


  Automóveis
Diário Automóveis
COLUNA

 

Jeep Renegade 2019

Reestilizado: descubra o que mudou no Jeep Renegade 2019

Repaginado, SUV compacto chega às concessionárias com preços que vão de R$ 78.490 a R$ 136.390, mas também há opção voltada ao público PCD, por R$ 69.999

Portal Vrum - Pedro Cerqueira /Estado de Minas

 SUV compacto passou por mudanças discretas, mas teve a sua personalidade mantida

De Mata de São João (BA) - Com três anos e meio de vida, chega o momento do Jeep Renegade ganhar sua primeira reestilização, acertadamente discreta. A personalidade do jipinho foi mantida, porém agora com um ligeiro olhar malvado, com os faróis circulares ligeiramente encobertos pelo capô. As versões Limited e Trailhawk ganharam faróis com LEDs, incluindo luzes diurnas integradas em formato de argola. De acordo com a marca, o novo conjunto proporciona alcance 50% maior.

 

As fendas da grade ficaram um pouco mais largas e foram posicionadas mais abaixo. Os para-choques também mudaram. O novo formato melhorou o ângulo de ataque do veículo para 28 graus nas versões flex e 30 graus nas a diesel, o que significa que a chance do componente esbarrar em obstáculos é menor. As rodas ganharam novo desenho, totalizando quatro opções, de 16 a 19 polegadas. Já a tampa do porta-malas ganhou maçaneta aparente, no lugar da que ficava oculta entre a tampa e o para-choque.

 Na versão Trailhawk o interior tem acabamento diferenciado e central multimídia com tela maior


INTERIOR Por dentro, o Renegade também foi repaginado. Para ganhar novos porta-trecos no console central, o seletor de tração foi deslocado para o painel. Os comandos do ar-condicionado também foram realocados. A adoção de estepe temporário para todas as versões permitiu a ampliação do volume do porta-malas em 47 litros, totalizando 320 litros (ainda pequeno). A exceção é o Renegade Trailhalk, que, por sua vocação para o fora de estrada, continua trazendo o pneu sobressalente integral.

 A grade frontal agora tem fendas mais largas e o para-choque ganhou novo desenho, melhorando o ângulo de ataque


CONECTIVIDADE Uma das principais novidades no interior do veículo é a nova central multimídia Uconnect, disponível a partir da versão Longitude, com tela de 8,4 polegadas e compatível com smartphones (por meio do Apple CarPlay e Android Auto). As versões mais simples trazem a central com tela de cinco polegadas, que tem câmera de ré. 

SOB O CAPÔ Os conjuntos mecânicos continuam os mesmos. O motor 1.8 flex – com 135cv (gasolina)/139cv (etanol) de potência e 18,8kgfm (g)/19,3kgfm (e) de torque – pode ser usado com câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades. Este é conhecido pelo desempenho limitado e o grande apetite pelo combustível. Já o propulsor 2.0 a diesel – com 170cv e 35,7kgfm – sempre trabalha junto ao câmbio automático de nove marchas e tem ótimo desempenho dentro e fora da estrada, com tração nas quatro rodas e reduzida.

 A tampa do porta-malas ganhou maçaneta aparente, que substituiu a que ficava embutida


HISTÓRICO Lançado no início de 2015, o Jeep Renegade não só puxou um movimento de renovação no segmento dos SUVs compactos, como cativou muita gente com seu design robusto, muito mais para um jipinho do que para um crossover urbanóide. Junto ao Honda HR-V, desbancou modelos como o Ford EcoSport e o Renault Duster, ocupando a segunda colocação do segmento até a chegada do seu irmão mais velho Compass, em 2017, que liderou entre os SUVs.

QUANTO CUSTA? 
A Jeep reduziu o número de versões de 13 para seis, sendo quatro flex e duas a diesel. A versão mais em conta é voltada para o público PCD.

1.8 Flex AT6 (PCD) – R$ 69.999
Rodas de liga leve de 16 polegadas, controles de tração e estabilidade, freios de estacionamento eletrônico, airbags frontais e freios ABS.

Sport 1.8 Flex MT5 – R$ 78.490
Ar-condicionado, assistente de partida em rampa, sistema multimídia Uconnect com tela de toque de cinco polegadas e câmera de ré.

Sport 1.8 Flex AT6 – R$ 83.990
Rodas de liga leve aro 17 polegadas.

Longitude 1.8 Flex AT6 – R$ 96.990
Sistema multimídia Uconnect com tela de toque de 8,4 polegadas, controle do ar-condicionado pelo monitor ou comandos de voz e novas rodas de liga leve aro 18 polegadas.

Limited 1.8 Flex AT6 – R$ 103.490
Faróis principais e de neblina com LEDs, luzes diurnas de LEDs, dois airbags laterais, dois de cortina e um para os joelhos do motorista e novas rodas de liga leve de 19 polegadas.

Longitude 2.0 Diesel AT9 4x4 – R$ 125.490
Sistema multimídia Uconnect com tela de toque de 8,4 polegadas, controle do ar-condicionado pelo monitor ou comandos de voz e novas rodas de liga leve aro 18 polegadas.

Trailhawk 2.0 Diesel AT9 4x4 – R$ 136.390
Faróis principais e de neblina com LEDs, luzes diurnas de LEDs e novas rodas de liga leve aro 17 polegadas.

* Jornalista viajou a convite da Jeep

 

Lançamento

Nova Mercedes-Benz Classe C tem novidades que podem te interessar

Mercedes-Benz apresenta a nova Classe C, que chega com discretas mudanças no visual e a versão 200 EQ Boost com motor 1.5 turbo e unidade elétrica de 48 volts

Portal Vrum - Enio Greco /Estado de Minas

 O sedã premium ganhou novos para-choques e faróis full LED, com luz diurna, mas mantém o estilo clássico

A Mercedes-Benz lançou a nova Classe C, modelo produzido em Iracemápolis, no interior de São Paulo, que chega ao mercado a partir de novembro, com preços que vão de R$ 187.900 a R$ 259.900. O sedã premium recebeu retoques no visual externo e no interior, que ficou ainda mais sofisticado. Além das versões C 180 e C 300, a novidade é a C 200 EQ Boost, que traz um motor turbo a gasolina e outro elétrico que acrescenta 14cv de potência. O modelo passa a contar também com display de instrumentos totalmente digital e multimídia mais moderna.


O novo sedã Classe C será um dos destaques da Mercedes-Benz no Salão do automóvel de São Paulo, em novembro. Oferecido em quatro versões – C 180 Avantgarde, C 180 Exclusive, C 200 EQ Boost e C 300 Sport –, o modelo passou por uma discreta reestilização, ganhando novos para-choques dianteiros, faróis Full LED e detalhes que diferenciam as versões Exclusive e Avantgarde.


Por dentro, a nova Classe C ficou ainda mais sofisticada, sendo que o painel da versão Exclusive traz detalhe em madeira marrom escura fosca, e no C 300 Sport, madeira preta. O interior traz novas opções de cores, que incluem cinza-escuro para as duas versões do C 180 e C 200 EQ Boost, além do marrom para o interior do C 300 Sport. O modelo conta com sistema de partida sem chave, que é item de série em todas as versões, e a tecla start/stop tem novo desenho, semelhante ao rotor de uma turbina.


Para as versões topo de linha, a partir da C 200 EQ Boost, a Classe C traz o novo conceito de cockpit, com painel de instrumentos totalmente digital, com tela de 12,3 polegadas, e três modos de visualização: Clássico, Esportivo e Progressivo. O C 180 tem cockpit com dois visores e um display colorido de 5,5 polegadas entre eles. O motorista passa a contar também com o modo Eco, que ajuda a encontrar uma forma mais eficiente de condução, para reduzir o consumo de combustível.

 O acabamento interno é sofisticado, mas o painel digital é disponível somente na versão topo de linha

 

Nas versões topo de linha, além de display central de alta resolução, com tela de 10,2 polegadas, a Classe C ganha também controles sensíveis ao toque no volante, permitindo que o motorista controle todas as funções do painel de instrumentos, além do sistema de informação e entretenimento. O sistema pode ser operado também pelo touchpad no console central ou por comando de voz.

MOTORES A principal novidade em termos de motorização na Classe C está na versão C 200 com EQ Boost e sistema de 48 volts. O modelo traz um novo motor 1.5 turbo a gasolina, de 183cv e 28,5kgfm de torque, que conta com o auxílio de uma unidade elétrica de 48 volts e novo arranque/alternador por correia (BSG – Belt-driven Starter-generator). Quando acionado, esse sistema elétrico pode gerar 14cv, otimizando o desempenho do motor em vários aspectos, inclusive na redução do consumo de combustível e na recuperação de energia para a bateria. Já a versão C 180 é equipada com motor 1.6 de 156cv, enquanto a C 300 Sport traz um 2.0 litros, agora com 258cv.

 O modelo tem dimensões generosas, que garantem bom espaço interno e porta-malas com boa capacidade


A nova Classe C evoluiu no quesito assistência à condução e agora traz sistema de frenagem adaptativa (ABR), que integra a Distribuição Eletrônica da Força de Frenagem (EBD), Controle Eletrônico de Estabilidade (ESP), Controle de Tração na Aceleração (ASR), Assistente de partida em subidas (HSA), Pré-carregamento (Priming), Secagem automática na chuva e função Hold, além do sistema Cross Wind Assist e o ESP Curve Dynamic Assist, que evitam saídas laterais.
Entre os equipamentos de série, o Classe C traz o sistema multimídia Audio 20, com duas entradas USB, um leitor de cartões SD, conexão Bluetooth e interface de mídia. O novo sistema multimídia NTG 5.5 permite integração com smartphones e utilização do aplicativo Waze.


PREÇOS:
C 180 Avantgarde – R$ 187.900
C 180 Exclusive – R$ 188.900
C 200 EQ Boost – R$ 228.900
C 300 Sport – R$ 259.900

 

 

 



Edição anterior (1452):
quinta-feira, 01 de novembro de 2018
Ed. 1452:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1452): quinta-feira, 01 de novembro de 2018

Ed.1452:

Compartilhe:

Voltar:

Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior