Edição anterior (1311):
quarta-feira, 13 de junho de 2018
Ed. 1311:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1311): quarta-feira, 13 de junho de 2018

Ed.1311:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Encontro do Senac debate a ampliação do turismo

            A apresentação do case de sucesso da cidade de Gramado (RS) foi o ponto alto do primeiro encontro regional do Comitê Técnico Setorial sobre o setor do Turismo na Região Serrana, promovido pelo Senac RJ, nesta terça-feira (12.06). Realizado no Palácio Quitandinha, o evento, que contou com a presença do secretário da Turispetro, Marcelo Valente, lideranças do setor na região e empresários, recebeu uma palestra do ex-prefeito de Gramado, Pedro Bertolucci. O gestor público falou sobre como o município gaúcho conseguiu se tornar referência na área e ainda a relação de Petrópolis com sua cidade, que, no passado, buscou referências na Cidade Imperial.

            “A ligação entre os dois municípios é muito grande. As hortênsias que temos lá, por exemplo, vieram daqui. Petrópolis é uma escola. Quando fui prefeito, estive aqui para buscar informações. A cidade tem uma força muito grande para o turismo. Hoje, vim mostrar que mecanismos e ferramentas usamos em Gramado no passado para se tornar referência no futuro”, destaca o gestor, que falou sobre as grandes festas que movimentam a cidade, como o Natal Luz, e cada passo do turismo, principalmente a partir da década de 1980, como a capacitação. A cidade gaúcha de Gramado é, hoje, um dos principais destinos turísticos do país.

            A Serra Imperial foi escolhida para iniciar o projeto do Senac em função da importância do Turismo para a economia local. Entre os objetivos do encontro estava promover a aproximação da instituição com o segmento para identificar necessidades e sugestões desse mercado e reunir subsídios para o desenvolvimento de cursos e projetos educacionais alinhados às demandas dos empresários e da sociedade. Segundo o secretário da Turispetro, Marcelo Valente, esse é um grande estímulo para o empresário petropolitano.

            “Sabemos a importância da capacitação para o desenvolvimento do turismo em qualquer região do mundo. Profissionais capacitados é sinônimo de visitante bem recebido. Isso deixa uma boa impressão, faz o turista retornar a cidade. É muito importante que os empresários da cidade entendam a importância de capacitar não só os funcionários, a sua mão de obra, mas também os gestores dos estabelecimentos, como donos e gerentes de hotéis, restaurantes. Nosso objetivo é buscar uma qualidade de atendimento ao turista semelhante a de Gramado e das mais importantes cidades turísticas do Brasil”, frisa.

            Com o eco turismo crescendo cada vez mais em Petrópolis, o presidente do circuito eco rural Caminhos do Brejal, Leonardo Fragoso, foi um dos que aproveitou o evento para saber mais sobre a capacitação oferecida pelo Senac na cidade. Segundo ele, o objetivo da associação é capacitar adolescentes da região para trabalharem com os turistas.

“Petrópolis desponta como um grande destino de turismo e nós, do Caminhos do Brejal, a gente tem buscado capacitar jovens na área de condução de guias para ecoturismo. Vim me inteirar sobre o que o Senac tem pra oferecer na área de capacitação voltada para o nosso setor”, explica.

A diretora do Senac RJ, Ana Cláudia Martins, que disse ser encantada pela Região Serrana, falou sobre a importância deste primeiro diálogo com a região para que seja feito um programa mais amplo focado no desenvolvimento do setor no Rio de Janeiro. “O Senac, antes de mais nada, tem como missão entrar no mercado de trabalho, então a gente precisa ouvir as demandas e entregar assertivamente as pessoas para os empresários. A gente precisa, juntos, estar mapeando o setor”, frisou.

O encontro contou também com grupos de trabalho debatendo desafios e experiências positivas no área.As informações poderão ser utilizadas para a atualização do portifólio dos cursos de educação profissional do Senac RJ.Segundo dados da instituição, o setor turístico emprega mais de 300 mil profissionais fluminenses, em diversas ocupações, como camareiros e recepcionistas de hotel, agentes de viagem, entre outros, além de gerar renda para profissionais autônomos como guias turísticos e motoristas.



Edição anterior (1311):
quarta-feira, 13 de junho de 2018
Ed. 1311:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1311): quarta-feira, 13 de junho de 2018

Ed.1311:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior