Edição anterior (1331):
terça-feira, 03 de julho de 2018
Ed. 1331:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1331): terça-feira, 03 de julho de 2018

Ed.1331:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Entulhos causam transtornos aos moradores na Lopes Trovão

Natália Rodrigues

 

 

Continua sem solução, a questão dos entulhos que são despejados com frequência ao lado da lixeira localizada no encontro da Rua Otto Reymarus (acesso para o bairro Lagoinha) com a Rua Lopes Trovão, no Alto da Serra. Segundo informações passadas, o problema é antigo e favorece a proliferação de ratos e baratas nas redondezas.

Um morador que não quis se identificar explicou que sempre que possível entra em contato com a Prefeitura solicitando um caminhão para recolher os entulhos. Porém, dias depois a região já é tomada por novos descartes e o caos continua.

- Sempre ligo para a Prefeitura ou entro em contato com o supervisor regional cobrando solução, mas eles não vêm aqui, e isso prejudica principalmente quem reside próximo à lixeira – disse.

A precariedade da caçamba também incomoda, a base está com avarias e o lixo acaba saindo pela parte quebrada. O acúmulo de lixo pelo chão favorece a proliferação de ratos e baratas nas proximidades.

- A base está comprometida e o lixo cai no chão e, isso também não é de agora, há meses que ocorre essa situação. E como aparecem muitos ratos, alguns moradores colocam fogo nos lixos para espantar os bichos, mas um dia desses o fogo chegou na fiação e tivemos problemas por conta disso – contou.

O morador menciona que os entulhos são descartados por moradores da área e também por pessoas de outros bairros que vão até o local realizar o descarte. Na área têm restos de móveis, sobras de eletrodoméstico e de obras que estão espalhados pelo chão.

- Ali tem todo tipo de entulho, restos de móveis, sobras de material de construção, mato, e muito lixo. Sempre vejo muitas pessoas vindo aqui de carro para jogar entulho nessa área. Tinha que ter uma medida mais drástica, não deixar espaço ao redor da lixeira e colocarem a placa de proibido despejo nesse local  – falou.

Ele ainda explica que a retirada de um abrigo de ônibus foi o que gerou o espaço que hoje é ocupado pelos detritos. Além disso, menciona que a falta da placa sinalizando que é proibido jogar entulhos no local contribui para as ocorrências.

- Antigamente ao lado da lixeira tinha um abrigo de ônibus que foi derrubado pela queda de um terreno próximo. Na época, os destroços foram retirados, mas não foi instalado um novo abrigo, e isso acabou gerando um espaço ao redor da caçamba. Entrei em contato com a CPTrans pedindo um novo, eles falaram que iriam enviar um funcionário para analisar, mas até hoje ninguém esteve aqui e a situação só piora – informou.

Até o fechamento da matéria, a Prefeitura não havia emitido nota sobre o caso. 



Edição anterior (1331):
terça-feira, 03 de julho de 2018
Ed. 1331:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1331): terça-feira, 03 de julho de 2018

Ed.1331:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior