Edição: sábado, 14/04/2018
Compartilhe:

  Trânsito

Estacionamento irregular é a principal infração de trânsito na cidade

Daniela Curioni – especial para o Diário


 Encontrar vaga para estacionar é um problema, mas não é por isso que o motorista pode ignorar a Lei e parar em local proibido. Em Petrópolis, essa é a principal infração de trânsito, conforme informações da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes. No primeiro trimestre de 2018, a companhia registrou 436 notificações por estacionamento irregular na cidade. Isso significa que a cada dia, em média, quatro motoristas cometem a infração. A prática é recorrente em diversos pontos da cidade.

Para a CPTrans, um dos maiores desafios  atualmente, é o combate ao estacionamento irregular. Mesmo se for rapidinho, para resolver um problema, quem não respeita a ordem de proibido estacionar comete infração grave. A multa é de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira de habilitação. No caso de estacionar em vagas para idosos e deficientes, sem autorização, as infrações são consideradas gravíssimas pelo Código de Trânsito Brasileiro e têm previsão de multa no valor de R$ 293,47 e perda de sete pontos na carteira de habilitação, além de reboque do veículo.

De acordo com o Estatuto da Pessoa com Deficiência, Lei de 2015, 2% das vagas dos estabelecimentos comerciais devem ser reservadas a deficientes físicos. Já de acordo com o Estatuto do Idoso, 5% das vagas devem ser exclusivas aos motoristas da terceira idade.
Atualmente a cidade conta com 11 agentes de trânsito, número insuficiente para suprir a demanda.  

Ao longo de 2017 foram registrados 5.751 infrações, sendo a maioria por estacionamento irregular. No mesmo período, foram removidos 637 veículos.

 A CPTrans solicita que a população denuncie a irregularidade através dos telefones 156 e 2237-1703.

Foto: Rua Fabrício de Mattos, no cemitério, tomada por carros estacionados irregularmente

 



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior