Edição anterior (1368):
quinta-feira, 09 de agosto de 2018
Ed. 1368:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1368): quinta-feira, 09 de agosto de 2018

Ed.1368:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral

Estado de saúde do francês encontrado no Parnaso é estável

Vitor Garcia – Especial para o Diário

Equipes do Corpo de Bombeiros e técnicos do Instituto Chico Mendes concluíram, na manhã de ontem (8), o resgate do universitário francês Marc Meslin, de 22 anos, que estava desaparecido desde a última sexta-feira (3), no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso). Localizado na área conhecida como Vale da Morte, na travessia Teresópolis-Petrópolis, o jovem recebeu os primeiros procedimentos médicos e foi encaminhado para o Hospital das Clínicas de Teresópolis (HCT) e teve alta na noite de ontem.

O francês foi encontrado na tarde de terça-feira (7). Porém, a remoção se tornou possível somente às 5h30 de ontem. A descida da trilha demorou cerca de quatro horas.

- As equipes foram eficientes diante de um local de difícil acesso. Essa trilha costuma ser utilizada por montanhistas. Tivemos a informação de que o jovem teria se perdido, e, após tentar descer a trilha, escorregou e não conseguiu subir mais. Ele contou à nossa equipe que chegou a ver o helicóptero de buscas por duas vezes, mas, em nenhuma conseguiu acenar – disse o coronel Rafael Simão, comandante do Comando de Bombeiro de Área (CBA Serrana II).

Por volta das 10h30, as equipes chegaram com a vítima ao Parque. Em seguida, o universitário foi encaminhado para uma unidade de saúde.

- Ele estava bem, pois tinha comida suficiente, frutas secas e pães. Ou seja, tinha uma reserva suficiente, o mantendo vivo por todos esses dias – concluiu o coronel.

Em nota divulgada à imprensa, o HCT informou que o paciente foi atendido pelas equipes de cirurgia e trauma-ortopedia do Hospital das Clínicas de Teresópolis Constantino Ottaviano. De acordo com a unidade de saúde, o jovem está lúcido, orientado e apresenta múltiplas escoriações. Clinicamente estável e sem queixas, ainda permanece em observação.

Trabalhos concluídos com sucesso

A busca foi prejudicada pelas baixas temperaturas e a chuva, principalmente na segunda-feira. Onze equipes, entre Corpo de Bombeiros, técnicos do Instituto Chico Mendes, montanhistas voluntários e Federação de Esportes de Montanha se dividiram entre as trilhas.

A área do Parnaso tem aproximadamente 200km². Além de se tratar de uma região montanhosa, as buscas foram ainda mais prejudicadas porque o mau tempo também impediu o uso do helicóptero.

Marc Meslin sumiu na travessia Teresópolis-Petrópolis, que tentava fazer sozinho desde o dia 1º de agosto. As buscas foram coordenadas pelo coronel bombeiro Rafael Simão. Bombeiros de seis batalhões foram envolvidos no trabalho. No último contato feito, o estudante conseguiu dar indicações de sua localização e informou, inclusive, que estava próximo a uma cachoeira, mas, como não fala bem português, não conseguiu dar outros detalhes.



Edição anterior (1368):
quinta-feira, 09 de agosto de 2018
Ed. 1368:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1368): quinta-feira, 09 de agosto de 2018

Ed.1368:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior