Edição anterior (1219):
terça-feira, 13 de março de 2018
Ed. 1219:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1219): terça-feira, 13 de março de 2018

Ed.1219:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Falta de manutenção deixa as ruas de acesso ao Palácio Quitandinha cheias de buracos

Natália Rodrigues -natalia.rodrigues@diariodepetropolis.com.br

 

Parece que o problema das crateras é algo que está sem solução em Petrópolis, pois até mesmo na Avenida Ayrton Senna, no Quitandinha, é possível encontrar buracos em vários trechos nas vias ao lado de um dos cartões postais da cidade, o Palácio Quitandinha.

A estudante de direito Kátia Costa explicou que os transtornos surgiram há cerca de 20 dias, decorrentes das chuvas que tem caído sobre a cidade nesses últimos meses.

- Infelizmente os buracos estão por toda a cidade, até mesmo o cartão postal de Petrópolis, que considero ser o nosso quintal, também sofre com as crateras – disse.

Apesar de ter entrado em contato com a Prefeitura, Kátia afirma que até o momento os reparos não foram realizados e teme que com o período chuvoso a situação piore ainda mais com o decorrer da semana.

- Há bastante tempo está assim, tem uma grande cratera ao lado do lago e outra localizada na parte de trás do hotel e com as constantes chuvas, mais paralelepípedos irão sair - contou.

Os motoristas devem andar na área com atenção, pois a pista tem um tráfego intenso, especialmente no fim da tarde e nos finais de semana.

Questionada pelo Diário de Petrópolis, a Prefeitura informou que a Av. Ayrton Senna tem manutenção sob responsabilidade do Dnit e a Secretaria de Obras vai cobrar que o órgão faça o serviço de melhoria das condições da rua.

Quanto às vias ao redor do Palácio Quitandinha, a Secretaria de Obras vai incluir o local na programação de serviços das equipes de manutenção viária?

Problema semelhante enfrentam moradores de outros bairros

Por toda a Rua Carvalho Júnior, em Corrêas e na Rua São Paulo, localizada em Nogueira, é possível ver as precariedades e a ausência de manutenção nas vias. O advogado Rafael Freitas explicou que faz esse trajeto diariamente e nota que as condições da região pioram nos últimos meses.

- Desde o início da atual gestão, não se vê manutenção na pavimentação da cidade, que sempre é naturalmente danificada pelas recorrentes chuvas, por isso, necessitam de atenção periódica – disse.

O advogado relata que a via de Corrêas é a que mais necessita de reparos com urgência, pois tem um tráfego intenso de veículos, um dos fatores que contribuem para o desgaste do asfalto. Além disso, é um importante acesso para o bairro Carangola, inclusive com uma linha da empresa Turb passando pelo local, a 615- Vale do Carangola, saindo do Terminal Rodoviário de Corrêas.

- Por aqui, passam muitas pessoas, tem várias casas, sempre esteve buraco, mas agora está difícil passar por aqui – contou.

A pista é em mão única, mesmo assim devido a grande quantidade de crateras, os motoristas são obrigados a trafegarem com a velocidade reduzida e em movimentos de zigue-zague.

- São quase três quilômetros de pista. É um buraco maior do que o outro e nos cabe desviar dos maiores para cair, obrigatoriamente, nos menores, pois não há chances de sair ileso dessa situação – explicou.

A Prefeitura informou que uma equipe regional da Secretaria de Obras fará vistorias nas ruas mencionadas para providenciar a manutenção viária nos dois locais.



Edição anterior (1219):
terça-feira, 13 de março de 2018
Ed. 1219:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1219): terça-feira, 13 de março de 2018

Ed.1219:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior