Edição: quarta-feira, 07/03/2018
Compartilhe:

  Turismo

Feira de produtos artesanais é opção de turismo no Horto de Itaipava

            Itaipava agora tem mais uma experiência gastronômica para os turistas e petropolitanos. O Hortomercado Municipal já começou a abrigar feiras de produtores artesanais que têm como objetivo mostrar o que a cidade produz de melhor, com expositores de shitakes, biscoitos, doces, temperos, molhos, cervejas, geleias, pães, chocolates orgânicos e uma infinidade de produtos feitos na cidade, além de degustação para o público. O projeto piloto, chamado de “Up Gourmet”, aconteceu no dia 10 de fevereiro e o próximo encontro está marcado para este sábado (10.03).

A feira foi apresentada nesta segunda-feira (05.03), no Conselho Municipal de Turismo (Comtur) e foi apoiado pelos conselheiros. Acostumado a receber turistas, principalmente vindos do Rio de Janeiro, o Hortomercado é conhecido pelos produtos de qualidade produzidos no município. Com as feiras, que acontecerão sempre nos segundos sábados de cada mês, a ideia é movimentar o espaço.

            “Estamos também convidando restaurantes e hotéis para participarem com uma degustação para o público. Em contrapartida, eles terão um espaço para divulgação de suas empresas. Queremos valorizar a hotelaria nos distritos, trazer o turista de volta para o Horto”, explicou durante a assembleia o diretor do Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento, José Maurício Soares.

            A parceria foi fechada também, claro, com os próprios produtores do Horto. Os chefes da gastronomia da cidade que se envolverão na feira vão elaborar pratos diferenciados para degustação com os produtos encontrados no local. Para o presidente do Comtur, Marcelo Florêncio, que também é assessor de Marketing da Turispetro, a feira vai aproximar os hotéis e restaurantes do Hortomercado.

            “Vamos mostrar para os turistas e também para os petropolitanos que o setor acredita nos produtos do Horto. Além de ser mais um atrativo para movimentar a região dos distritos”, destaca.

             A iniciativa foi apoiada também pelo presidente do Petrópolis Convention & Visitours Bureau, Samir El Ghaoui, que também participou da reunião do conselho.

Comtur muda metodologia para apresentação de projetos

            Durante a assembleia deste mês do Comtur, entre os assuntos destacados está a mudança na metodologia para os projetos que são apresentados aos conselheiros nas reuniões. Nesta segunda, o conselho votou pela criação de uma comissão especial que vai analisar cada projeto estratégico para o turismo antes dele ser apresentado nas reuniões. Ou seja, antes de apresentar seu projeto no Comtur, o proponente irá se reunir com a comissão.

            “A mudança na metodologia vai permitir que o projeto chegue mais detalhado ao conselho”, completa Florencio.

Urban Hacking apresentado no Conselho

            Outro assunto apresentado na assembleia foi o Urban Hacking, promovido pelo Sebrae. A ação faz parte da primeira ação do Projeto Destino Turísticos Inteligentes (DTI), lançado pelainstituição em agosto do ano passado. O projeto propõe ocupar espaçospúblicospromovendo uma interação da população e dos visitantescom os negócios em funcionamento no local, por meio de ações de lazer, cultura, economiacriativa e entretenimento. O Urban Hacking de Petrópolis vai acontecer no dia 15 de março, aproveitando as comemoraçõespelo aniversário da cidade, na Rua 16 de Março. Na programação estão previstas atividades gratuitas nas áreas de música, teatro, história egastronomia, a partir das 9h30min até às 20h.



Compartilhe:

Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior