Edição: segunda-feira, 09/07/2018
Compartilhe:

  Cidade

Grandes nomes do cinema nacional participarão de evento gratuito em Itaipava

 

O Linguagem em Foco terá a participação de Ruy Guerra, Eduardo Nunes, Diogo Oliveira e do Coletivo Foras de Quadro

 

Yuri Lima yuri.lima@diariodepetropolis.com.br

 

Um encontro de gerações do cinema nacional marcará o evento que trará um dos grandes nomes do cinema nacional, o consagrado Ruy Guerra (foto), para Petrópolis. O ciclo de exibição audiovisual será gratuito acontecerá nos dias 19, 20 e 21 de julho, no Cine Itaipava. Além disto, o projeto contará com o lançamento da biografia “Ruy Guerra: Paixão Escancarada”, com a presença da autora, a historiadora Vavy Pacheco Borges.

 

O evento está sendo organizado pela produtora Engenhoca Filmes, que tem como diretora uma ex-aluna de Ruy, a cineasta Beatriz Ohana (foto).

Para o diretor, é importante saber que seus alunos estão seguindo o caminho do audiovisual.

- Eu acho importante que eles estejam trabalhando, realizando e produzindo. É isto que espero deles - declarou.

O diretor, que completará 87 anos em agosto, tem o início da carreira marcado pelo Cinema Novo, tornando-se, desde então, uma figura importante na história do audiovisual brasileiro. Sua linguagem é estudada nas mais diferentes escolas de cinema de todo o mundo.

- Eu não consigo pensar em uma fase que seja mais marcante em minha carreira. Foram muitos trabalhos executados, muitos filmes feitos. É difícil até mesmo apontar um trabalho que seja mais importante dentre todos - afirmou.

O evento se chamará “Linguagem em Foco – Ciclo de Exibição Audiovisual 2018” (LEF) e reunirá importantes diretores do cinema brasileiro, da velha e da nova geração, como Eduardo Nunes, Diogo Oliveira, Coletivo Foras de Quadro e o grande homenageado do festival, Ruy Guerra, para pensar e discutir a arte de fazer filmes.

Com sessões gratuitas seguidas de debates, na presença dos diretores, o evento proporcionará o diálogo entre o público –  produtores, estudantes, realizadores do audiovisual, apreciadores das artes –  e os artistas que se debruçam no aprofundamento da linguagem cinematográfica, quebrando barreiras para desenvolver filmes de forma criativa e inovadora.

Engenhoca Filmes

A produtora, criada por Beatriz Ohana, busca uma nova forma de diálogo dos filmes, focando-se na linguagem da produção audiovisual. Além disto, a idéia é a criação de uma quebra de paradigma da forma em que o cinema é feito na atualidade.

- A Engenhoca Filmes é uma produtora nova e nós estamos nos debruçando em uma nova forma de enxergar o cinema. O que ocorre na maioria dos cineclubes é um foco na discussão dos temas dos filmes e nunca é na linguagem, isto ocorre também no meu próprio cineclube, o Cine Pagu. Eu sentia muita falta em debater cinema. De como é feito, fotografia, direção. Este tipo de coisa não tem muito aqui em Petrópolis - afirmou.

Beatriz afirma que este tipo de diálogo, proposto no evento do Linguagem em Foco, é mais comum na cidade do Rio de Janeiro, onde a cineasta estudou.

- Eu tinha muito este debate no Rio, quando eu estava estudando ou trabalhando em produtoras. Aqui em Petrópolis nós não temos esta cultura. Mesmo para quem está estudando cinema. As pessoas estão conversando sobre outras coisas depois que assistem o filme, mas não da maneira em que os filmes são feitos. Daí que surgiu a idéia, de fazer um evento que discuta a linguagem do cinema - declarou.

O objetivo ao chamar o Ruy Guerra veio pela importância que o diretor tem para o cinema nacional. Além disto, Beatriz Ohana disse que o cineasta também foi seu professor na matéria sobre linguagem audiovisual.

- O Ruy começou a produzir no movimento do Cinema Novo e desde então ele quebrou paradigmas. O conceito de história no evento será neste ponto de vista. No desenvolvimento da linguagem. Como é explorada, desde o princípio da carreira do Ruy, no cinema novo, até os rumos que o cinema está tomando - disse.

A diretora da Engenhoca Filmes ainda declara que, dentre os participantes do evento há um ciclo de influências.

- O Diogo é um mestre para o Coletivo Foras de Quadro, o Ruy é um mestre para o Diogo. É um encontro entre as gerações - declarou.

A cineasta ainda prepara o seu primeiro filme, como diretora, ainda para este ano, que terá uma proposta diferente do habitual.

- Em agosto eu vou fazer o meu primeiro filme como diretora e ele será filmado aqui. Ele terá um sentido diferente. Atualmente eu trabalho no Canal Quimera Official, que é espaço do cinema de realismo mágico. Este é um cinema que acredito mais. Eu não creio muito no discurso que existe hoje do cinema documental, da forma que é feito. Acredito que podemos fazer algo que seja diferente disto - afirmou.

Ao abraçar a ideia de um cinema que fuja da linguagem tradicional adotada na atualidade, Beatriz Ohana acredita que a Engenhoca Filmes poderá trabalhar com outras modalidades do audiovisual, como séries e clipes.

- Propor esta quebra de paradigma é um desafio grande, mas o objetivo será acreditar no diferencial e atingir o público que está interessado. Confiar na linguagem e na possibilidade de expansão. O próprio Canal Quimera Official me mostrou que existe público para este segmento. Até mesmo recebi o contato de muitos amigos músicos que, depois de assistirem produções do canal, tiveram idéias até mesmo de fazer clipes para as suas músicas - disse.

Programação:

19/07 - Quinta-feira:

18h30 - Coquetel de abertura

21h – “Mostra Foras de Quadro de curtas metragens” + Debate com diretores e membros do Coletivo Foras de Quadro

20/07 - Sexta-feira:

21h - Exibição do filme "Sudoeste" + Debate com a presença do diretor Eduardo Nunes

21/07 - Sábado:

18h30 - Lançamento do livro “Ruy Guerra: Paixão Escancarada”, com a autora Vavy Pacheco Borges e o diretor Ruy Guerra

21h - Exibição do filme “O homem que matou John Wayne” + Debate com a presença do diretor Diogo Oliveira e do homenageado da noite, o grande diretor Ruy Guerra.

Contatos da Engenhoca Filmes:

https://www.facebook.com/linguagemfoco2018

https://www.instagram.com/linguagemfoco2018

linguagemfoco@gmail.com 



Compartilhe:


Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior