Edição anterior (1367):
quarta-feira, 08 de agosto de 2018
Ed. 1367:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1367): quarta-feira, 08 de agosto de 2018

Ed.1367:

Compartilhe:

Voltar:


  Greve

Greve dos Profissionais da Educação continua mesmo após ação judicial da Prefeitura

Yuri Lima yuri.lima@diariodepetropolis.com.br

A Prefeitura ingressou com uma ação na justiça com o entendimento que houve violação na legislação pelo número de profissionais que estariam parados na rede. Porém, o Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe), continua com a greve e informou que não foi notificado sobre o tema.

Segundo a Prefeitura, ao ingressar com ação, o entendimento é que houve violação na uma vez que ao menos 30% da rede deveriam ser mantidas em funcionamento. Considerando que o Sepe anunciou que 15% da categoria está em seus postos de trabalho. Com 184 unidades na rede, a greve ao atingir 85% das escolas, deixou quase a totalidade de 42 mil alunos sem aulas.

Ontem (7), no turno da manhã, a Prefeitura afirmou que 53 unidades educacionais funcionam normalmente, 87 de forma parcial e 43 estão paralisadas.

Segundo a presidente do Sepe, Rose Silveira, a Prefeitura se contradiz, já que nos números anteriores, divulgados pelo município, a rede teria mais profissionais trabalhando do que a porcentagem anunciada na ação.

- Ou a Prefeitura está informando os números errados para o público ou está fazendo isso para a justiça. Uma vez que as informações de escolas funcionando são superiores aos 30% da rede funcionando. Ainda assim, a educação não é categorizada como um serviço essencial, deste modo não há a obrigatoriedade legal dos 30% – disse.

A presidente ainda afirmou que compreende a ação como uma forma de pressão para gerar insegurança nos grevistas. Ontem, a categoria se mobilizou para buscar apoio por intermédio de um abaixo-assinado. A coleta de assinaturas foi feita em pontos no centro da cidade e ainda ocorreu recolhimento nos bairros. Na tarde de ontem, o Sepe declarou que já havia cerca de 1000 assinaturas apoiando os grevistas.

A assembléia da categoria, onde serão deliberados os novos passos do movimento, será realizada na próxima sexta-feira (10), às 10h, no pátio da Catedral de São Pedro de Alcântara.

 A gestão atual sinalizou com a apresentação do levantamento dos triênios, quinquênios e enquadramentos para estabelecimento de um cronograma para pagamento ainda neste semestre. O levantamento ficará pronto esta semana e será apresentado em uma nova reunião com o Sepe. O município declarou que mantém aberto à negociação com a categoria.

A Prefeitura ainda declarou que nas unidades escolares onde os cozinheiros não estão trabalhando, está sendo servido lanche para os alunos – biscoitos, frutas e leite. Pais e responsáveis deixaram de enviar seus filhos às aulas pela insegurança de encontrar as unidades fechadas ou sem o atendimento necessário.



Edição anterior (1367):
quarta-feira, 08 de agosto de 2018
Ed. 1367:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1367): quarta-feira, 08 de agosto de 2018

Ed.1367:

Compartilhe:

Voltar:

Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior