Edição anterior (1366):
terça-feira, 07 de agosto de 2018
Ed. 1366:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1366): terça-feira, 07 de agosto de 2018

Ed.1366:

Compartilhe:

Voltar:


  Greve

Greve dos profissionais da educação já dura mais de uma semana

Yuri Lima yuri.lima@diariodepetropolis.com.br


 Os profissionais da educação mantêm a greve e aguardam um posicionamento da Prefeitura. Hoje (7) já completam oito dias de paralisação. Segundo Rose Silveira, presidente do Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe), a próxima ação será um abaixo-assinado, que será feito no Centro e nos bairros, próximo das Escolas Municipais e Centros de Educação Infantil (CEI).

- Ainda estamos aguardando uma proposta da Prefeitura para a categoria. Também não há uma reunião marcada. Se o município se encontrar conosco antes da assembleia, poderemos ter uma definição, mas até o momento não há nada certo – afirmou.

O próximo ato está marcado para esta quarta-feira (8), 17h, na Praça Dom Pedro II.  No mesmo dia, haverá uma audiência pública na Câmara Municipal de Petrópolis, às 19h. A assembléia da categoria será realizada na próxima sexta-feira (10), às 10h, no pátio da Catedral de São Pedro de Alcântara.

Além disto, as educadoras estarão fazendo uma campanha de doação de sangue e de arrecadação de alimentos, durante toda a semana.

Na segunda-feira (6), no turno da tarde, 55 unidades escolares funcionam normalmente, 85 funcionam de forma parcial e 44 estão paralisadas. Segundo a Prefeitura, o atual governo segue com a política de austeridade e controle rigoroso de gastos, por conta da crise econômica nacional - agravada em Petrópolis pelo montante de dívidas acumuladas por antigos gestores, que alcança R$ 766 milhões, dos quais R$ 81 milhões pagos por esta gestão.

Além disto, o município completa, afirmando que somente as dívidas trabalhistas deixadas por antigos gestores somam R$ 119 milhões. Deste montante a prefeitura já conseguiu pagar R$ 68 milhões entre salários atrasados, consignados e PIS e Pasep atrasados, além de manter em dia a folha de pagamento. Hoje todos os esforços dos gestores estão concentrados em garantir em dia o pagamento do funcionalismo público - folha de pagamento que alcança R$ 525 milhões por ano.



Edição anterior (1366):
terça-feira, 07 de agosto de 2018
Ed. 1366:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1366): terça-feira, 07 de agosto de 2018

Ed.1366:

Compartilhe:

Voltar:

Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior