Edição: terça-feira, 10/07/2018
Compartilhe:

  Cidade

Investimento em startups é tema de evento no Serratec

Financiamento e capacitação para empreendedores em Petrópolis

Polo de tecnologia no Quitandinha recebe debate sobre o fomento ao empreendedorismo como solução para o mercado. Evento lança de uma só vez três parcerias que trazem programas de financiamento aos municípios serranos

 Yuri Lima - yuri.lima@diariodepetropolis.com.br

 

Na próxima quarta-feira (11), o evento “Investimento em Startups: da inovação ao desenvolvimento” trará para a cidade de Petrópolis a perspectiva da transformação por intermédio da sustentabilidade e do aperfeiçoamento. A iniciativa é do Distrito de Inovação da Serra (DIS) e da Serratec, e terá a participação da Sai do Papel, do Startup Rio, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e da Associação Internacional de Gestão de Projetos (IPMA).

Segundo o CEO do DIS, Luis Fernando Pessoa, o evento trará dois pilares principais no incentivo a inovação, o investimento financeiro e a capacitação.

- A proposta do evento é ter dos blocos, um de apoio de aceleradoras, que representa o investimento financeiro e o da capacitação, feito por intermédio do ensinamento. Desta maneira, você poderá instruir e investir de forma direta, fortalecendo o processo de renovação – declarou.

Para Luis Fernando, a sustentabilidade é uma forma de manter os recursos no município e tem interferência direta no desenvolvimento de uma localidade.

- Quando tratamos de sustentabilidade nós pensamos na possibilidade de empresas que fiquem em nossa cidade, proporcionando o desenvolvimento em longo prazo. Deste modo, a criação de startups é uma forma de manter o crescimento econômico por muito tempo, gerando emprego e renda – afirmou.

Os desenvolvimentos das empresas de inovação em Petrópolis podem ser feitos por intermédio de três fatores. É o que afirma o CEO, que explica o conceito da tripla hélice.

- Em Petrópolis nós temos um histórico de 90% dos formandos nas universidades que vão trabalhar em outros municípios. Este quadro tem que ser mudado. Deste modo, o DIS acredita que em Petrópolis há as condições para o emprego do conceito da tripla hélice, que seria a união entre as empresas, universidades e o governo pelo desenvolvimento da inovação – acredita.

Além disto, o CEO ainda afirma que há o planejamento para um evento de Hackathon, onde os programadores se juntam para propor soluções para problemas reais.

No evento, cada programa possui critérios próprios e definidos de seleção e condução dos projetos de startup ao investimento. O empreendedor e, também, o investidor interessados poderão participar gratuitamente para entender as oportunidades existentes de negócios. O encontro acontece a partir de 14h, no auditório do Serratec, no Quitandinha.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini, o setor de tecnologia é uma das vocações de Petrópolis e vem crescendo na cidade com o incentivo e a parceria da prefeitura, e eventos como este fortalecem o setor. “É importante para fomentar empresas de tecnologia do município e manter essas empresas instaladas aqui, evitando assim que elas saiam de Petrópolis. Isso fortalece o nosso pólo e a nossa região”, destaca ele.

O Programa Startup Rio da Serra é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social (SECTIDS), o DIS e o Serratec, com o objetivo de replicar na serra o sucesso do Startup Rio, programa da FAPERJ apoiado pelo Sebrae, que atualmente investe até R$ 95 mil por empresa. Essa iniciativa é aderente ao Programa Rio Estado Inteligente da SECTIDS, que visa promover soluções de “smartcities”, com foco em mobilidade urbana, segurança, saúde e educação, utilizando tecnologias, como big data, inteligência artificial, realidade aumentada e internet das coisas.

Já os Programas da Sai do Papel atendem a dois perfis de empreendedores diferentes, selecionando tanto startups locais que já tenham validado seu modelo de negócios junto ao mercado quanto projetos que ainda estão na fase de ideação. A proposta para o Programa de Pré-Aceleração em parceria com o DIS da Sai do Papel é uma das poucas iniciativas privadas com este foco de ação, uma vez que a maioria dos investidores “seed” já buscam startups mais maduras.

 Parceria entre o DIS e o Serratec

O lançamento dos Programas marca também a primeira ação conjunta entre o DIS e o Serratec, que estão trabalhando na consolidação de um hub serrano para a promoção do empreendedorismo local através da geração de inovação e tecnologia própria.

O vice-presidente do Serratec, Alexandre Macedo, é outro entusiasta do movimento. “Todas as empresas do Serratec estão envolvidas com o evento e vamos oferecer as condições necessárias para que seja um sucesso. Somos os primeiros a incentivar a promoção de qualificação e iniciativas de fomento à inovação”, disse.

Confira a programação:

Data: 11 de julho
Horário: 14h às 18h
Local: Auditório Serratec –Av. Afrânio de Melo Franco, 333, Quitandinha, Petrópolis

14h- Recepção

14h20 – Abertura
-Serratec: Conceito e Infraestrutura
- DIS: Propósito e Causa
-Sectids: Estado Inteligente

15h – Bloco 1 – Apoio às Startups
- Sai do Papel: Perfil dos Programas
- Startup Rio: Perfil do Edital
-Firjan: Modelos de Programas

16h – Coffee Break

16h15 – Bloco 2 – Qualificação
-Sebrae: Agenda Regional de Inovação
-IPMA: Gestão em Projetos e Inovação
- Abmen: Mentoria

17h15 – Pitch de Startups e Debate com as Aceleradoras

18h- Encerramento

 



Compartilhe:


Casando com Estilo







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior