Edição: quarta-feira, 07/03/2018
Compartilhe:

  Cidade

Levantamento de dados nas áreas atingidas pelas chuvas é elaborado para o Ministério da Integração Nacional


 As equipes técnicas de Gestão Estratégica, Obras, Meio Ambiente e Defesa Civil fazem uma força-tarefa para consolidar, no menor tempo possível, ao Ministério da Integração Nacional diagnóstico das áreas afetadas no Caxambu e Bela Vista e que necessitam de ajuda do governo federal, em recursos, para serem recuperadas. “Há danos ambientais e na economia, principalmente no Caxambu, área de produção agrícola. A meta é estabelecermos como será a recomposição, o que é necessário para que ela inicie de imediato”, frisou o prefeito Bernardo Rossi em reunião com o secretariado nesta terça-feira (06.03) pela manhã.


 Todas as secretarias estão envolvidas em apoio aos quatro principais órgãos que estão em campo para os levantamentos. “Emergencialmente estamos restabelecendo os acessos porque os agricultores precisam escoar suas produções. Uma reconstrução e até mesmo melhoria no que era a realidade antes da chuva de sábado é a segunda fase, esta com recursos federais”, direciona o prefeito Bernardo Rossi.

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, já sinalizou que a esfera federal vai apoiar a cidade emergencialmente e na recomposição das áreas. “Mantivemos contato por telefone e um técnico, engenheiro civil, baseado no escritório do ministério no Rio também já esteve na cidade e segue nos orientando nos procedimentos de forma a acelerar as medidas”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.


 O decreto de situação de emergência, assinado pelo prefeito e válido a partir desta segunda-feira (05.03) se atém apenas às áreas do Caxambu e Bela Vista. O instrumento é importante para acelerar a restauração dos locais. “A população é descrente de recursos a serem enviados e usados, de fato, porque como aconteceu mais de uma dezena de vezes em nossa cidade, muita coisa ficou pendente. Vamos, agora, mostrar o passo a passo do que for conquistado e executado”, pontua o prefeito Bernardo Rossi elencando ainda pontos diferentes no decreto em que os órgãos municipais são chamados à máxima responsabilidade. Em um dos trechos o decreto estabelece “responsabilidade ao agente da Defesa Civil ou autoridade administrativa que se omitir de suas obrigações”.



Compartilhe:


Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior