Edição: quarta-feira, 10/01/2018
Compartilhe:

  Geral

Liderança feminina – uma voz cada vez mais escutada

A evolução de nossa sociedade proporcionou às mulheres, a possibilidade de alcançarem maior espaço no meio corporativo e nos negócios. Ainda há muito a conquistar, mas felizmente os avanços são diários. O empoderamento feminino é uma realidade fundamental a ser aceita.

No contexto empresarial, por exemplo, tenho observado que as mulheres estão galgando posições que antes só eram limitadas aos homens, mas, o mais importante é que incorporam às organizações uma característica própria que é a liderança pelo diálogo e não pela truculência.

A capacidade de comunicação das mulheres é destaque sendo fruto de diversos fatores, no entanto, observo uma busca intensa e contínua pelo desenvolvimento de habilidades, ou seja, por perceber que as dificuldades são maiores, as mulheres possuem uma preocupação maior em se capacitarem. Característica essa necessária para o alcance de cargos de gestão que exigem cada vez mais qualificações.

Por outro lado, um fator cada vez menos utilizado pelo mercado na contratação de uma mulher está relacionado a questão estética, uma vez que, hoje as contratações estão diretamente relacionadas a qualidade profissional e a responsabilidade como profissional. Ou seja, hoje as mulheres afirmam com orgulho: “Estou aqui por que conquistei o espaço”.

E essa afirmação é ainda mais condizente com a realidade já que essa valorização tem como característica aquilo que vem de dentro para fora. Ou seja, ela primeiramente percebe seu valor para depois deixar isso claro para o meio em que se relaciona. E nesse ponto a comunicação tem um papel primordial.

Além disso, nesses termos, o sexo feminino tem características primordiais que devem ser valorizadas e até mesmo copiadas pelos homens, como é o caso de uma sensibilidade mais aguçada no lidar com as situações e a intuição de saber se posicionar melhor perante as adversidades. Além é claro, do charme e astúcia que se mostram em sua comunicação.

Porém, mesmo frente a essas qualidades é primordial que a comunicação passe por constante capacitação e ajustes, pois, somente isso permitirá que a mulher dê ainda mais ênfase às suas qualidades e também aprimore e assimile novos conceitos que poderão fortalecer ainda mais a sua qualidade profissional.

Em resumo, a mulher tem enfrentado e quebrado muitas dessas barreiras, principalmente pelo seu esforço, valorizando cada vez mais estudos e especializações. Assim, por mais que muitas das mudanças passem pela conscientização de todos, um dos principais recursos favoráveis à valorização da mulher continua sendo a habilidade de se comunicar bem.  

Reinaldo Passadori - Especialista em Comunicação Verbal e presidente do Instituto Passadori Educação Corporativa (www.passadori.com.br)



Compartilhe:


Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior