Disque entulho
sexta-feira, 19/05/2017
Voltar


Maio Amarelo: palestra sobre mecânica para mulheres trará Roseli Oliveira da Silva à Petrópolis

 

O Maio é Amarelo, mas a cor que vai predominar no próximo sábado (20.05) é o rosa. Isso porque a mecânica Roseli Oliveira da Silva sobe a Serra de Petrópolis para ensinar técnicas básicas para mexer nos veículos às mulheres. Com macacão e ferramentas estilizados, ela vai levar ao público aspectos importantes para prevenção de acidentes, que podem ser resolvidas sem a ajuda de outra pessoa. A atividade faz parte do Movimento Maio Amarelo e acontece na Praça D. Pedro, a partir das 9h.

A atividade voltada ao público feminino também leva em conta os dados de acidentes de trânsito do município. Os homens representam mais que o dobro de casos de pessoas envolvidas em sinistros, segundo dados do hospital referência em trauma do município, o Santa Teresa. Enquanto as mulheres estiveram envolvidas em 311 acidentes em 2016, os homens deram 664 entradas na unidade de saúde.

“As atividades do Maio Amarelo este ano contemplam todos os públicos, então pensando em ações voltadas às crianças, aos motociclistas, motoristas em geral e uma atividade que nos foi sugerida por uma de nossas parceiras, a Porto Seguros, que é a palestra de mecânica às mulheres. Este tema é de fundamental importância e trazer a experiência da Roseli para Petrópolis vai fortalecer ainda mais as ações do movimento”, explica o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

A história de Roseli com a mecânica começa ainda na infância. Quando criança, ao sair da escola ela ia direto para uma oficina mecânica próxima à sua casa. Aos 14 anos, fez escondido um curso de mecânica, até que seus pais descobriram. A partir daí ela trabalhou como babá, cozinheira e bancária. Aos 24 anos, resolveu encarar a família e fazer sua própria vontade. No começo da carreira trabalhou na oficina de um amigo, de graça. Depois, atuou em uma concessionária e hoje tem sua própria empresa e dá palestras, cursos e workshops sobre o tema a outras mulheres em todo o país.

“Por serem leigas no assunto, as mulheres têm medo, vergonha de perguntar aos homens como os carros funcionam. Têm medo de serem motivo de gozação. Comigo é diferente. O papo é de mulher para mulher e tudo fica mais simples”, conta Roseli.

“Esperamos que as mulheres aproveitem esta oportunidade para conhecer mais sobre o tema, que é abordado de forma dinâmica e divertida. Além do tema ser de extrema relevância, também contribui para uma discussão ainda maior, a de romper as barreiras do preconceito dentro de uma área tradicionalmente dominada pelos homens”, diz Maurinho.

As atividades do Maio Amarelo acontecem ao longo de todo o mês. Um dos destaques da programação é a caminhada que encerra as ações, programada para o dia 27 de maio. Haverá, ainda, palestra sobre pilotagem para motociclistas, no próximo domingo (21). Todas as ações são gratuitas e abertas ao público.

 



Voltar




Casando com Estilo



Topo