Edição: terça-feira, 08/05/2018
Compartilhe:

  Política

MDB terá prévias para escolher candidato a governador

Em crise após prisões, partido tem como pré-candidatos Vinícius Farah, Max Lemos e André Lazaroni

Philippe Fernandes

Após reunião no fim de semana, os caciques do MDB decidiram escolher por meio de prévias o candidato a governador pela legenda. O partido deve ter como postulantes à sucessão de Luiz Fernando Pezão, o presidente do Detran, Vinícius Farah; o ex-prefeito de Queimados, Max Lemos; e o deputado estadual André Lazaroni. As informações foram divulgadas ontem, pelo jornal Extra.

A votação será no final de junho, mas quatro encontros serão realizados no Estado, sendo que um deles acontecerá em Petrópolis, no dia 9 de junho. Os outros eventos serão realizados em Duque de Caxias (no dia 19/5), Macaé (26/5) e na cidade do Rio (16/6). Haverá também a definição sobre as vagas ao Senado. Até agora, o MDB tem dois pré-candidatos: o vereador da capital, Átilia Alexandre Nunes; e o ator Jorge Coutinho, presidente do Sindicato dos Artistas.

O MDB, que tinha o controle político do Estado, está em crise desde que a Operação Lava-Jato atingiu em cheio o coração do partido. Os principais líderes (como o ex-governador Sérgio Cabral; os ex-presidentes da Alerj, Jorge Picciani e Paulo Melo; e o antigo líder do governo na Assembleia, Edson Albertassi) foram presos. Além disso, o nome mais competitivo na disputa para o governo estadual, o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes, saiu da legenda e se filiou ao Democratas.



Compartilhe:



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior