Edição anterior (1153):
sábado, 06 de janeiro de 2018
Ed. 1153:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1153): sábado, 06 de janeiro de 2018

Ed.1153:

Compartilhe:

Voltar:


  Ambiente

Meio Ambiente notifica dono de terreno por corte de árvores centenárias

Dono do terreno não apresentou a documentação que permitia o corte no momento da fiscalização

O setor de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente notificou o dono de um terreno na Estrada das Arcas, em Itaipava, pelo corte irregular de cinco árvores centenárias. O responsável pelo local não apresentou a licença para realizar o trabalho e tem até o dia 12 de janeiro para entregar o documento, caso contrário, será multado. A operação foi montada nesta sexta-feira (05.01) após denúncias de moradores da região e teve como objetivo coibir os crimes ambientais naquela região.

“É muito importante esclarecer que para realizar o corte de qualquer árvore é necessário solicitar a respectiva autorização do órgão ambiental para que seja realizado a vistoria pelos técnicos. O nosso corpo técnico avalia cada caso individualmente para permitir o corte ou não”, explica o chefe do setor de fiscalização, Miguel Fausto, destacando também o apoio da população no caso.

Ao longo da semana, o setor atendeu a outras duas denúncias na cidade. A primeira delas foi na Estrada Mineira, em Corrêas, onde uma oficina mecânica ganhou um prazo de 30 dias para dar entrada na licença ambiental. Outra oficina, dessa vez no Estrada da Saudade, foi notificada por funcionar sem a licença ambiental que permite a atividade. O local também ganhou um prazo de 30 dias para dar entrada na Secretaria de Meio Ambiente. Caso os donos não cumpram o prazo, serão multados.

 "São atividades que utilizam diversas substâncias tóxicas que podem ser prejudiciais a natureza. No caso da oficina, o descarte de óleos de motores, por exemplo, deve ser feito de maneira correta para que não prejudique o Meio Ambiente. É fundamental que os empresários estejam em dia com a documentação para o exercício legal desses serviços”, explica Miguel.

Em 2017, a Secretaria de Meio Ambiente atendeu 1.030 casos de crimes ambientais no município, entre casosde supressão de vegetação, poluição de curso hídrico, contaminação de solo, empresas funcionando sem licença ambiental e queimadas. São realizadas operações semanais com o objetivo de reduzir os casos.

“Nossa prioridade é proteger as áreas verdes do município. Por isso, disponibilizamos um número de celular que funciona 24 horas, todos os dias da semana, para recebermos as denúncias”, explica Fred Procópio, secretário de Meio Ambiente.

As denúncias de crimes ambientais podem ser feitas para a Secretaria de Meio Ambiente através dos telefones:(24) 2233-8180 e (24) 98828-8633.



Edição anterior (1153):
sábado, 06 de janeiro de 2018
Ed. 1153:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1153): sábado, 06 de janeiro de 2018

Ed.1153:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior