Edição: segunda-feira, 12/03/2018
Compartilhe:

  Cidade


 Ministro garante liberação de verbas para Petrópolis

 

Jussara Madeira e Yuri Lima, especial para o Diário

Na manhã de ontem (10) o ministro da Integração Nacional Helder Barbalho visitou as regiões do Caxambu e Posse que foram afetadas pelas chuvas das últimas semanas. Na comitiva estavam o secretário nacional de Defesa Civil Renato Ramlow, o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM), o ministro de Esportes, Leonardo Picianni (MDB), o prefeito Bernardo Rossi, secretários municipais e os vereadores da cidade. Houve sobrevoo de helicóptero na região. Na oportunidade, Barbalho afirmou que as verbas para a reconstrução das áreas atingidas poderão ser liberadas já na próxima semana, considerando a homologação da situação de emergência para toda a cidade que foi publicada no Diário Oficial da União na última sexta-feira.

- Decretamos a emergência em nível nacional e fizemos a homologação para podermos, a partir daí, fazer a agenda de apoiamento para a cidade. Junto com o presidente Rodrigo Maia e o ministro Leonardo Picciani, nós estamos dando todo o suporte e atenção para que o município tenha o apoiamento do governo federal. O prefeito, na próxima segunda-feira, estará concluindo o plano de restabelecimento para que possamos liberar recursos e colaborar para trazer a normalidade para a cidade de Petrópolis o mais rápido possível. Portanto, esta é a missão que temos a fazer nesse momento e em seguida fazer a recuperação das áreas atingidas. Nós temos condições de liberar já nesta semana estes recursos, a partir da alimentação no sistema nacional da defesa civil e, com isto, fazermos a liberação. Sendo que os recursos que já foram gastos pela a prefeitura também podem ser ressarcidos, cooperando neste esforço conjunto para trazer a Petrópolis e região a normalidade – declarou o ministro.

Para a definição de valores do apoio federal, a prefeitura precisa enviar os laudos para a análise de quanto será investido nos locais afetados.

- Nós precisamos primeiro de um laudo e da especificação da área técnica municipal, que terá suporte federal, para podermos precificar a dimensão dos investimentos. O importante é que a cidade já está com a decretação homologada, portanto já está apta a receber recursos, segunda-feira conclui-se, por parte da prefeitura, alimentando e fazendo as solicitações de todas as ações de restabelecimento enquanto se analisa e se quantifica os investimentos efetivos para reconstruir as áreas danificadas – completou Barbalho.

O deputado Rodrigo Maia afirma que irá fiscalizar e acredita que o ministro da Integração Nacional fará o possível para a liberação de verbas para o município.

- A minha função como deputado do Rio é pedir ao ministro que pudesse estar aqui hoje, ele se prontificou e saiu às 3h de Belém para estar aqui agora. É um dos ministros de melhor qualidade e eficácia do governo e tenho certeza que com tudo aquilo que ele olhar e se comprometer eu tenho certeza que vai realizar. Tanto na emergência quanto no trabalho de longo prazo. Tenho certeza que o ministro Helder, se ele falar, ele vai fazer. Neste sentido, o meu papel como deputado, mais que deputado, como amigo dele, é fiscalizar aquilo que ficar comprometido aqui, o que ficar prometido com o prefeito e com os moradores, seja executado o mais rápido possível – afirmou Rodrigo Maia.

Após visitarem as áreas atingidas no Caxambu, a comitiva seguiu em direção à Posse. Na região também foram registrados estragos em áreas rurais. A Defesa Civil Nacional está dando o suporte para a formação do plano de ação de atendimento às regiões.

- Os técnicos da Defesa Civil nacional estão dando suporte à Defesa Civil municipal para construir este plano de ação. Trabalhando em duas frentes, primeiro, para rapidamente trazermos a normalidade para todos os bairros e áreas que foram atingidas e, no momento seguinte, fazermos a agenda de reconstrução. Já se identificou ruas que foram destruídas, pontes danificadas e áreas que precisam de investimentos estruturantes para que possam garantir que a normalidade possa ser plena na cidade – disse o ministro.

Situação de emergência abrange todo o município

Foi publicado no Diário Oficial da União de sexta-feira (8), a portaria 63 assinada pelo secretário Renato Newton Ramlow, que valida a situação de emergência para todo o município de Petrópolis.  O decreto autoriza o repasse de verbas para serem investidos nas áreas afetadas, não somente do Caxambu e Bela Vista, mas também outros pontos da cidade, como a Posse, onde foram registrados estragos provocados pelas chuvas dos últimos dias. 

Prejuízo de R$ 5 milhões, segundo Prefeitura

Um levantamento preliminar feito pelo Departamento de Agricultura da Secretaria de Desenvolvimento Econômico constatou que 339 pessoas que trabalham na produção rural foram atingidas diretamente pela forte chuva que causou estragos na região do Caxambu no último sábado (03.03). O prejuízo estimado dos produtores da região, com relação ao que foi perdido da produção já chega aos R$ 3 milhões. Somando-se as perdas materiais, como carros, motos e máquinas para o plantio, o prejuízo pode chegar aos R$ 5 milhões.

O tempo estimado para a recomposição total das lavouras é de dois anos, explicou o agricultor Joaquim Gonçalves da Costa, de 62 anos. Ele está entre os 150 agricultores que tiveram plantações devastadas total ou parcialmente pelas chuvas no Caxambu. Além de perder a plantação, o agricultor André José Ribeiro da Costa perdeu a casa.

- A água derrubou paredes, destruiu tudo. Perdi inclusive os caixotes de transportes das mercadorias - contou. Na casa de sua irmã, Andreia Cristina, vizinha a do agricultor, a perda também foi total. As famílias estão morando em casas de parentes.

 

 



Compartilhe:


Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior