Edição: terça-feira, 10/04/2018
Compartilhe:

  Diário Comunidades

Moradores do Alto da Serra cobram melhorias

Natália Rodrigues   natalia.rodrigues@diariodepetropolis.com.br

Há meses que os moradores da Rua Dom João Braga, no Alto da Serra, esperam pelos serviços de manutenção viária. Com o mato alto e inúmeros buracos por toda a extensão da pista, é claramente notável o estado de abandono que está a comunidade.

Logo na entrada, gigantescas crateras dificultam o acesso à localidade. Conforme relatos de um morador que não quis ser identificado, meses atrás funcionários da Comdep taparam algumas, mas o serviço não teria sido feito corretamente

- Estamos precisando de um monte de serviços, a Prefeitura veio trabalhar aqui, mas não foi bem feito só jogou asfalto frio, que não durou muitos dias e quando vieram as chuvas foi saindo aos poucos – contou.

A vegetação está alta, em certos trechos invade a pista e atrapalha a visão dos motoristas que devem ficar atentos, já que não há calçadas em alguns pontos.

- O mato está tomando conta de tudo, invadindo as casas e as ruas e encobrindo as calçadas, estamos morando no matagal e ninguém faz nada – disse o morador.

Além disso, o risco de queda de dois postes próximos ao número 412 tem causado preocupação a população. A aposentada Terezinha da Silva Bernardes explicou que as estruturas instaladas em uma curva estão inclinadas, e o excesso de fios seria um dos motivos.

- Acho que os postes estão sobrecarregados porque tem muita fiação, deve estar pesando. Tem muito desligado, só que os funcionários vêm aqui desativam o fio e o deixam pendurado no poste – informou.

Terezinha ainda relata que alguns fios estão abaixo da altura ideal. Desta forma, a população foi obrigada a fazer gambiarras amarrando a fiação evitando que o ônibus a arrebentasse.

- Teve um morador que foi lá e amarrou os fios, porque o ônibus passava e levava tudo. Então foi melhor ele fazer isso, senão nós poderíamos ficar sem luz ou sem telefone – disse.

Questionados pelo Diário de Petrópolis, até o fechamento desta matéria, a Prefeitura e as empresas Oi e Enel não haviam se pronunciado sobre o caso.



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior