Edição anterior (1278):
sexta-feira, 11 de maio de 2018
Ed. 1278:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1278): sexta-feira, 11 de maio de 2018

Ed.1278:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Moradores do Castelo São Manoel ainda aguardam manutenção viária

Natália Rodrigues

Continua sem solução os transtornos causados pela falta de manutenção viária na Rua Ricardo Otello, conhecida como Rua Oito, no Castelo São Manoel, em Corrêas. São muitos buracos em vários trechos da rua e o mato está alto invadindo as vias e casas.

Após reclamações no final de janeiro, a Prefeitura informou que as equipes regionais da Secretaria de Obras e da Comdep em Itaipava iriam incluir a Rua Ricardo Otello na programação de serviços para receber a manutenção viária e capina. Segundo os moradores, após quatro meses, nenhum serviço foi realizado.

A cuidadora de idosos Rosiléia Ferreira dos Santos explicou que a Prefeitura esteve na comunidade realizando serviços de tapa-buracos, mas a rua mencionada não foi contemplada. Sem manutenção e com as fortes chuvas a situação piorou, as antigas crateras aumentaram de tamanho e novas surgiram. O perigo é maior em dias de chuva, onde em alguns trechos chegam a formar poças d’água.

- Queremos entender porque colocaram asfalto nas outras ruas e na Rua Oito não fizeram nada. Os ônibus vêm até aqui com a maior dificuldade, estão sempre quebrando. Meu cunhado que fez uma obra e colocou os destroços nos buracos para tentar evitar mais problemas, temos o direito de ir e vir– disse.

As grandes crateras atrapalham também a passagem dos pedestres, principalmente dos idosos, crianças e deficientes físicos, pois há trechos sem calçadas onde eles caminham na beira da rua, um perigo especialmente à noite. Os motoristas numa tentativa de desviarem das aberturas no asfalto em alguns momentos andam na contramão, por isso devem ter atenção redobrada para evitar algum acidente.

Rosiléia ainda contou que outro problema tem causado transtornos para a população é a falta de capina e roçada da vegetação, em alguns pontos o mato invade as calçadas e casas.

- Ficamos preocupados com os bichos porque tem muito mato.  Sentimos que a Rua Oito está abandonada pelas autoridades, parece que tem um preconceito contra os moradores que vivem aqui – informou.

Procurada pelo Diário de Petrópolis, a Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem (SSOP) informou que fez a capina no Castelo São Manoel há um mês, mas vai voltar a incluir o bairro – inclusive a Rua Ricardo Otello – na programação para receber a capina novamente.

A equipe regional da Secretaria de Obras também fará uma vistoria no local para providenciar os reparos necessários.

 



Edição anterior (1278):
sexta-feira, 11 de maio de 2018
Ed. 1278:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1278): sexta-feira, 11 de maio de 2018

Ed.1278:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior