Edição: quinta-feira, 05/07/2018
Compartilhe:

  Diário Comunidades

Moradores do Cremerie denunciam o abandono do bairro

Natália Rodrigues

 

Sem manutenção viária e lixeiras, é assim que vivem os moradores da Rua Augusto Fragoso, no Cremerie. Mesmo sendo uma rua próxima ao prédio da Comdep e ao Parque Cremerie, a falta de cuidados com a via tem preocupado a população que vive na região.

 

De acordo com a aposentada Silvia Oliveira, ano passado havia quatro caçambas no local, que foram sendo retiradas aos poucos. No início de 2018, restaram somente duas que não comportavam a capacidade de lixo da região, além de estarem danificadas pelo tempo.

- Existiam aqui quatro ou cinco lixeiras no ano passado, uma sumiu logo no início, no mesmo ano, pouco tempo depois uma outra já havia sumido também. A demanda aqui é muito grande, três lixeiras já não davam vazão para a quantidade de lixo no local – disse.

Silvia explica que das duas que sobraram, uma estrutura foi removida cerca de dois meses atrás. Na semana passada, colocaram fogo na única lixeira que havia sobrado e os moradores são obrigados a jogarem o lixo no chão, aumentando o surgimento de ratos e baratas.

- Com as estruturas quebradas o lixo saía pela lateral e ficava espalhado pelo chão. Sumiu mais uma lixeira, restando somente uma única que na semana passada colocaram fogo nela, não sabemos por qual motivo e nem se foi algum morador da região ou alguém passando por aqui – contou.

Outro problema da Travessa Augusto Fragoso são as várias crateras. Equipes da Prefeitura estiveram na área, mas fizeram apenas um paliativo. O tráfego intenso de carros e ônibus contribuíram para a retirada do material. Além disso, novas crateras surgiram na região.

 - Meses atrás a prefeitura veio aqui e colocou uma lama em cima dos buracos, amenizou a situação por um tempo, mas agora todos os buracos voltaram a abrir. Precisamos que a Prefeitura faça o recapeamento da pista com um material ideal para isso, e não só colocar quebra-galhos. Aqui moram muitos idosos e crianças e qualquer hora um acidente mais sério pode acontecer – falou.

Questionada pelo Diário de Petrópolis, a Prefeitura não respondeu sobre o assunto até o fechamento desta matéria.



Compartilhe:


Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior