Edição: terça-feira, 15/05/2018
Compartilhe:

  Geral

Município fará projeto de viabilidade para ligação Bingen-Quitandinha

Documento vai contar com a orientação da ANTT

Projeto será apresentado para execução da Concer

 

O município vai apresentar projeto de viabilidade para a ligação Bingen-Quitandinha utilizando, como parâmetro, as normas e orientações dadas pela Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT). O documento deverá ser apresentado à Concer para que realize as intervenções, que irão beneficiar cerca de 8 mil petropolitanos por dia com a nova passagem. A orientação prévia com apontamentos das regras que deverão ser contempladas foi passada após visita técnica nesta segunda-feira (14.05), durante vistoria do superintendente da agência, Fábio Luiz de Freitas e equipe.

            Entre as intervenções que deverão contemplar o projeto estão a criação de um pórtico limitando à altura para impedir que veículos altos utilizem o trecho – uma vez que ficou acordado que a rota alternativa será utilizada por veículos de passeio; a colocação de balizadores flexíveis na via; ajuste de concordância nas saídas e entradas das vias; a criação de faixas de aceleração e desaceleração; entre outras alterações. Um projeto menos custoso que o apresentado pela própria Concer à ANTT e que precisaria de diversas alterações para ser aprovado.

            “O município está disposto a atuar para fazer acontecer essa ligação. Nossa cobrança vai permanecer e vamos buscar todos os maios possível para conseguir. A reunião desta segunda com a ANTT mostra que todas as desculpas alegadas por eles até aqui não correspondem à realidade, uma vez que a Agência está disposta a fazer com o que a ligação realmente aconteça”, destaca o prefeito Bernardo Rossi, que comandou a reunião pós-visita técnica da equipe da ANTT.

            A ligação Bingen-Quitandinha é uma antiga demanda do petropolitano e vai agilizar o percurso e melhorar o fluxo de veículos na área central da cidade, uma vez que quem precisar se deslocar do Bingen ao Quitandinha não vai mais precisar cruzar todo o Centro para chegar de um ponto ao outro.

O superintendente da ANTT destacou que não vê empecilhos para que a ligação seja realizada. “O projeto pronto precisa ser apresentado para que a Concer o execute. Estamos dispostos a auxiliar o município em toda e qualquer dúvida na hora de realizar o projeto. Na visita técnica já apontamos as mudanças que precisam ser contempladas para que isso ocorra”, explica Fábio Luiz de Freitas.

O diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco, lembra que a mão dupla que foi realizada inicialmente pela Concer, como alternativa ao trecho que foi interditado após a abertura de uma cratera, em novembro do ano passado, mostra que a ligação é possível de ser realizada, desde que haja boa vontade. “A concessionária está há anos empurrando essa ligação. É, sem dúvida, a principal vilã da cidade, que atrasa o nosso desenvolvimento. Esperamos que agora com a ANTT ao nosso lado essa ligação finalmente seja realizada”, destaca.



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior