Edição: terça-feira, 03/07/2018
Compartilhe:

  Carros

Novo Chevrolet Spin chega às concessionárias em julho com visual renovado e mais conteúdo

Com opções de cinco e sete lugares, o monovolume Chevrolet Spin passa por mudanças no visual, ganha segunda fileira de bancos deslizante e lista de equipamentos mais completa 

 
Portal Vrum - Enio Greco /Estado de Minas

 

 A frente do modelo ganhou faróis afilados e grade mais estreita, seguindo o estilo da marca

 Finalmente, a General Motors resolveu fazer mudanças no visual do seu monovolume Chevrolet Spin, que chegará renovado ao mercado no início de julho. Desde que foi lançado em 2012, o modelo colecionou apelidos pejorativos em homenagem a seu estilo de gosto duvidoso. Ficou conhecido nacionalmente como Capivara, mas tinha no espaço interno seu grande trunfo. Agora, a GM deixou o monovolume em sintonia com os outros modelos da marca, dando a ele aspecto mais moderno. As versões aventureiras Activ (cinco lugares) e Activ7 (sete lugares) não trazem mais o estepe pendurado na tampa traseira, mas continuam equipadas com o mesmo motor 1.8 ECO flex. A lista de equipamentos cresceu, trazendo novos itens de segurança e conforto. A GM ainda não divulgou os preços oficiais, que devem ficar entre R$ 70 mil e R$ 90 mil. 

 As laterais têm formas musculosas, molduras de plástico e rodas de 16 polegadas

Por enquanto, a GM divulgou apenas informações sobre as versões de proposta aventureira, mas, apesar disso, é possível ter uma visão geral sobre as mudanças de estilo do modelo. A ideia foi alinhar o visual do Spin com a família de crossovers da Chevrolet. Com isso, o capô ganhou uma inclinação maior, e os faróis ficaram mais afilados, contando com máscara negra e luz de condução diurna em LED. A grade frontal também ficou mais estreita e traz moldura em Dark Chrome. 

Mas as mudanças mais significativas estão na traseira, que ganhou lanternas horizontais bipartidas, invadindo a tampa do porta-malas. Outra novidade ali é o defletor de ar na parte superior da tampa, conferindo discreta esportividade. O estepe, antes fixado na traseira, agora fica sob o porta-malas. As versões aventureiras trazem ainda rodas de liga leve de 16 polegadas com acabamento exclusivo e rack de teto em forma de U, que pode receber barras transversais para o transporte de pranchas ou bicicletas. 

 Traseira ganhou lanternas horizontalizadas e não tem mais o estepe pendurado na tampa

O espaço interno sempre foi um dos principais atrativos do Chevrolet Spin, tanto para passageiros quanto para bagagens. Agora, a versatilidade aumenta ainda mais com a segunda fileira de bancos corrediça, montada sobre trilhos, podendo ser movimentada 50mm para frente ou 60mm para trás, favorecendo ora o espaço para os passageiros, ora para a carga. A configuração de cinco lugares tem porta-malas de 710 litros, que pode chegar a 756 litros com a fileira central de bancos totalmente avançada. 

 De acordo com o fabricante, o painel foi modificado e o acabamento melhorou de qualidade

Na linha 2019, o modelo finalmente ganhou importantes itens de segurança: pontos de ancoragem para cadeirinhas infantis do tipo Isofix e Top Tether, além do quinto apoio de cabeça e cinto de segurança de três pontos no assento central. A terceira fileira de bancos para a versão Activ7 conta com dois assentos que podem ser rebatidos para ampliar o volume de carga.
A GM fez mudanças também no interior do Spin, que traz novas texturas e acabamentos. O quadro de instrumentos traz maior quantidade de mostradores e novo computador de bordo. O sistema multimídia é o MyLink com Android Auto e Apple CarPlay, além do OnStar, que agora é capaz de alertar o usuário para o não esquecimento de objetos e pessoas nos bancos traseiros do carro, semelhante ao sistema do Chevrolet Equinox. 

 A segunda fileira de bancos agora tem sistema corrediço que permite ampliar o espaço para os passageiros ou para a carga

O novo Spin traz ainda câmera de ré com linhas guias, acionamento automático do limpador de para-brisa, acendimento automático e ajuste de altura dos faróis, além de repetidor de seta nas laterais do veículo.  A versão Activ acrescenta direção com assistência elétrica, controle de velocidade de cruzeiro, sensor de estacionamento traseiro e pneus de uso misto.
O conjunto mecânico não passou por mudanças significativas. O motor continua o mesmo 1.8 ECO flex de até 111cv de potência e 17,7kgfm de torque (com etanol), acoplado à transmissão automática de seis marchas. A GM alega que todo o conjunto mecânico, incluindo suspensões e direção, passou por processo de recalibragem que melhorou a dirigibilidade, proporcionando trocas de marchas e rodar mais suaves. 

 A terceira fileira de bancos conta com cintos de segurança retráteis e apoios de cabeça

De acordo com dados da montadora, o Spin Activ7 acelera até 100km/h em até 11,3 segundos e de 80km/h a 120km/h em até 9,7 segundos. O consumo urbano é de 10,3km/l (g) e 7,0km/l (e), enquanto na estrada a minivan faz 12,0km/l (g) e 8,3km/l (e). Para otimizar o consumo de combustível, o Spin conta com a sexta marcha e grade ativa do radiador, que abre e fecha automaticamente de acordo com as condições de velocidade do veículo e necessidade de refrigeração do motor. Quando fechada, reduz o arrasto do ar e melhora a aerodinâmica, contribuindo para diminuir o consumo de combustível.
O desenho do painel de instrumentos também mudou e a tela do computador de bordo ficou maior 

 O desenho do painel de instrumentos também mudou e a tela do computador de bordo ficou maior

 

 O câmbio automático de seis marchas proporciona trocas suaves, sem trancos

 



Compartilhe:

Casando com Estilo



Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior