Edição: domingo, 05/11/2017
Compartilhe:

  Geral

Pane em serviço da Oi/Velox deixa usuários sem sinal de internet e telefone

Na noite de sexta-feira (3), os usuários da Oi/Velox ficaram sem sinal de internet durante horas. A pane começou por volta das 21h e atingiu praticamente todos os bairros da cidade. Relatos feitos em redes sociais apontam que, além de problemas com o Velox, alguns clientes da empresa também ficaram sem sinal da Oi TV e sem telefone fixo. Em alguns dos comentários, os clientes da Oi afirmam que a pane atingiu toda a cidade.

Uma cliente da empresa, que preferiu não se identificar, conta que desde que fechou contrato com a companhia, com o pacote Oi Total, tem tido problemas com os serviços oferecidos, principalmente com a velocidade do Velox. A cliente relata ainda que ontem ficou sem sinal da internet e quando tentou faz uma reclamação pelo número de atendimento ao cliente, só dava sinal de ocupado.

- Estamos sendo desrespeitados desde o momento que firmamos o contrato com a empresa. O pacote de 15 Mb de internet não funciona, já que o sinal praticamente não funciona. E quando a internet funciona, o fixo fica sem sinal. Se alguém usar o fixo, o sinal da TV para de funcionar, ou seja, o serviço contratado simplesmente não existe, já que toda hora temos que acionar um técnico – revela a usuária.

Ela ainda explica que é um absurdo pagar as contas em dia e não ter o serviço contratado funcionamento plenamente. “Sempre que o técnico chega aqui, diz que precisa reduzir a velocidade da internet e acaba não resolvendo nenhum dos problemas relatados”.

Guilherme Ferreira, morador do Bingen, conta que o problema começou por volta de 20h30 e afetou a internet e o sinal dos celulares. Ele, que é cliente da empresa há oito anos, conta que não tentou registrar reclamação na central de atendimento e que o sinal voltou ao normal por volta de 7h30 de sábado (4).

Para Bruno Guimarães, o problema começou por volta de 20h30 e afetou o Velox, o telefone fixo e o sinal do celular. “Acredito que tenha normalizado o sistema durante a madrugada, pois quando acordei o serviço já estava restabelecido”.

Bruno ainda diz que a experiência foi horrível, pois trabalha como músico profissional e, na hora que o serviço parou, estava em uma conferência com cerimonialista para a realização de dois eventos.

- Foi brabo, e infelizmente vou analisar outro plano de comunicação ainda nesta semana. Não posso ficar tão refém assim de uma operadora – conclui o músico.

A redação do Diário de Petrópolis entrou em contato com a assessoria de imprensa da empresa Oi, mas até o fechamento desta edição não obteve resposta.



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior