Edição anterior (1424):
quinta-feira, 04 de outubro de 2018
Ed. 1424:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1424): quinta-feira, 04 de outubro de 2018

Ed.1424:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Petrópolis é reconhecida Capital Estadual dos Produtos Orgânicos

Uma história de 40 anos, que começou no Brejal, no distrito da Posse, em Petrópolis, ganhou o reconhecimento merecido. A cidade é oficialmente a Capital Estadual dos Produtos Orgânicos. A lei 8118/18, sancionada pelo governador do estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, é de autoria do deputado estadual Luiz Martins, foi um pedido do então vereador de Petrópolis Jamil Sabrá.

A produção de orgânicos em Petrópolis começou em 1979, em um sítio em uma localidade chamada Cachoeirinha, no Brejal. E tudo partiu dos amigos Paulo Aguinaga e Iru Puertas. Paulo deixou a faculdade de agronomia para trabalhar em um sítio que pertencia a um alemão, em Nova Friburgo. “Ele veio pra Serra com essa ideia e eu achei muito interessante a possibilidade de produzir hortaliças sem o uso de agrotóxicos”, lembrou Paulo, diretor da Associação dos Produtores Rurais do Brejal. Depois de um tempo aprendendo, Paulo decidiu começar uma produção própria e foi quando se mudou para o Brejal e, junto com o amigo, começou uma pequena produção.

Hoje, só em Petrópolis, são 92 produtores orgânicos cadastrados na base de dados do Ministério da Agricultura, o que representa 13% do total do estado do Rio de Janeiro. Quando vereador, Jamil Sabrá, atuou como representante do Compaf, o Conselho Municipal de Políticas Agrícolas e Fundiárias e pode entender a grandiosidade do trabalho feito no Brejal. “Eu acompanhei todas as reuniões e pude perceber a importância deste setor, não só para a cidade, mas para todo estado do Rio de Janeiro. Por isso, em novembro do ano passado, fiz o pedido ao deputado estadual Luiz Martins”, lembrou Jamil. O deputado estadual Luiz Martins é um defensor deste tipo de produção e atua há mais de 20 anos no segmento. “É um trabalho pioneiro no estado e que merece reconhecimento. Por isso, acolhi com muito prazer o pedido”, disse Luiz Martins.

O título de Capital Estadual dos Produtos Orgânicos foi muito comemorado pelos produtores que ajudaram a construir essa história e de tantos outros que conseguem sustentar as suas famílias apenas com a renda da produção. “O trabalho na roça é extremamente duro e cansativo, mas a recompensa maior é levar à mesa dos consumidores um produto livre de veneno”, comemorou Paulo.

 



Edição anterior (1424):
quinta-feira, 04 de outubro de 2018
Ed. 1424:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1424): quinta-feira, 04 de outubro de 2018

Ed.1424:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior