Edição: terça-feira, 14/11/2017
Compartilhe:

  Cidade

Plano Verão: Prefeitura inicia programa Rio Limpo

Trabalho começou nesta segunda-feira (13) próximo ao Palácio de Cristal

Serviço foi autorizado pelo Inea e vai passar pelos rios Palatinato, Piabanha e Quitandinha

 

 

A prefeitura deu início nesta segunda-feira (13.11) ao programa "Rio Limpo". O serviço de dragagem começou próximo ao Palácio de Cristal e foi acompanhado pelo prefeito Bernardo Rossi. Duas retroescavadeiras fizeram a retirada de areia e lixo verde às margens do Rio Piabanha.  O trabalho foi autorizado na última sexta-feira (10.11) pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e também vai passar pelos rios Palatinato e Quitandinha. A ação integra o Plano Verão, que traça uma série de ações preventivas e de respostas para o período mais chuvoso do ano.

"Nós estamos dando mais um passo na preparação para a cidade enfrentar o período chuvoso. Estamos fazendo desobstrução de bueiros, limpamos o túnel extravasor constantemente, foi feito o enterramento da rede de alta tensão para evitar apagões em quatro locais com muita vegetação e agora começamos a dragagem dos rios. Todas essas ações juntas vão reduzir os problemas que a cidade sempre enfrenta nessa época", diz o prefeito Bernardo Rossi.

Aquele trecho próximo ao Palácio de Cristal, com as ruas Padre Siqueira, Av. Piabanha e Av. Barão do Rio Branco já sofreu com alagamentos em função de chuva intensa, que acabou transbordando o rio. Por isso, a dragagem agrada quem utiliza o local com frequência.

"Com uma chuva muito intensa, o rio põe água para fora, e acaba tornando a passagem por aqui caótica. Então é muito importante que seja feita essa dragagem para aumentar o pé direito do rio, principalmente em locais como aqui", afirmou o profissional do ramo da construção civil, Carlos José de Souza.

O Rio Limpo é mais uma ação dentro do esforço da prefeitura para mitigar os efeitos da chuva, ocorrência comum nessa época do ano. Para isso, foi montado um planejamento, que prevê atividades em cinco áreas diferentes: deslizamentos de terra, inundações, rolamentos de blocos rochosos, vendaval e tempestades de raio.

Neste caso, o trabalho envolve as secretarias de Obras e de Meio Ambiente, a Comdep e a águas do Imperador. O objetivo é retirar os sedimentos que atrapalham o curso do rio e que muitas vezes são arrastados pelo vento e pela própria água.

O início do programa Rio Limpo foi acompanhado também pelo vice-prefeito Baninho, pelo secretário de Obras, Ronaldo Medeiros, pelo superintendente de Esporte e Lazer, Hingo Hammes, pelo presidente da Câmara, Paulo Igor, e pelos vereadores Roni Medeiros e Márcio Arruda.

 



Compartilhe:




Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior