Edição anterior (1424):
quinta-feira, 04 de outubro de 2018
Ed. 1424:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1424): quinta-feira, 04 de outubro de 2018

Ed.1424:

Compartilhe:

Voltar:


  Polícia

Polícia ainda não tem pistas de autores de execução de motorista

A esposa e um dos irmãos do motorista Edson Carlos Maximiniano, 54, conhecido como “Zezão”, já foram ouvidos por policiais civis da 105ª DP (Retiro). A expectativa era de que outros familiares e amigos do rodoviário, executado a tiros na madrugada de terça-feira, prestassem depoimento ainda na tarde de ontem na mesma delegacia.

Segundo a polícia, o conteúdo dos depoimentos colhidos não auxiliou para o andamento das investigações. Apesar de estar ao lado do marido na hora do crime, a esposa não conseguiu identificar os assassinos, mas já existem suspeitos para o crime. Os policiais que estão à frente das investigações ainda não têm pistas sobre a localização dos assassinos.

Zezão foi executado com vários tiros no rosto, quando saía para o trabalho, na madrugada de terça-feira, no bairro São Sebastião. Pai do homem preso durante o fim de semana, com tonéis de drogas e material para endolação de cocaína, ele teria sido vítima de uma vingança.

O rodoviário estava a caminho da empresa onde trabalhava, na  Rua Coronel Veiga, quando, por volta das 3h30, o carro que dirigia, um Fusca vermelho, foi cercado pelos assassinos, instantes depois de sair de casa, na Rua Adão Brand. O primeiro disparo, efetuado pelas costas, acertou a nuca da vítima e os outros disparos atingiram o rosto.

As balas perfuraram a lataria do veículo. As suspeitas são de que Zezão foi morto porque os bandidos acreditavam que ele era “colaborador da polícia”.

O filho de Zezão, de 30 anos, havia sido preso no fim de semana, em uma incursão da PM, que resultou na apreensão de um estoque de mais de 30 mil cápsulas vazias, preparadas para endolação de entorpecentes e um total de 13 cargas de cocaína, divididas em 700 pinos do pó. Segundo a polícia, com a apreensão, o prejuízo dos traficantes ficou em torno de R$ 14 mil.



Edição anterior (1424):
quinta-feira, 04 de outubro de 2018
Ed. 1424:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1424): quinta-feira, 04 de outubro de 2018

Ed.1424:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior